18 Dezembro 2009 - 07:39

TRE cassa mais um vereador em Maceió

Igor Castro/CadaMinuto/Cortesia
Vereador Dino Júnior

O Tribunal Regional Eleitoral de Alagoas (TRE/AL) decidiu, por unanimidade, cassar o diploma do vereador por Maceió Dino Junior (PCdoB), o pleno tomou como base as denúncias que a Polícia Federal, fez durante a Operação Voto de Cabresto. Segundo denúncia, de cinco pessoas, o vereador é acusado de pagar de R$ 30,00 a R$ 50,00, por voto. Durante a operção, um grupo de eleitores, apresentou uma lista de pessoas que podem ter vendido os votos.

Cabe recurso ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Caso a decisão do TRE de Alagoas seja mantida, Marcelo Malta (PCdoB) deverá assumir a vaga de Dino Júnior.

O TRE também, em outro julgamento, manteve no cargo, o prefeito de Rio Largo, Antônio Lins de Souza Filho, o Toinho Lins (PSB) e manteve fora do cargo José Jadson Pedro (PMN), da cidade de Craíbas.

Na quarta-feira, 16, O Pleno do Tribunal Regional Eleitoral de Alagoas cassou, também por unanimidade, o mandato do vereador por Maceió Nery Almeida (PV).
 

por Roberto Lopes

AquiAcontece.com.br © 2016 - Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do AquiAcontece.com.br.