15 Agosto 2010 - 09:23

Renan é homenageado por policiais federais

Raimundo Gomes - Colaborador
Jorge Venerando (2º à direita) destaca compromisso de Renan (cento) com a segurança pública

O senador Renan Calheiros, líder do PMDB, foi homenageado por policiais federais de todo o Brasil, sexta-feira à noite, no auditório do Sinpofal, em Jaraguá, no encerramento do seminário que discutiu os parâmetros da carreira da PF e o risco imposto a ela pela PEC 549, que trata da separação entre as várias funções abrigadas pela instituição.

Durante o seminário, com a presença do presidente da Federação Nacional dos Policiais Federais (Fenapef), Carlos Wink, Renan foi citado por diversas vezes como um grande defensor da categoria.
“Vivemos um momento delicado em nossas relações internas e só seremos capazes de avançar em nossas reivindicações com a ajuda de pessoas do quilate do senador Renan Calheiros, que consideramos um dos bons políticos do nosso país”, enfatizou Carlos Wink.

O presidente do Sindicato dos Policiais Federais de Alagoas, Jorge Venerando, também destacou a importância de ter o líder do PMDB como aliado da PF neste momento de grande mobilização da categoria em busca de um modelo de carreira que atenda aos anseios da sociedade e dos policiais federais.
“Todos nós sabemos que o senador Renan é um homem identificado com os profissionais da segurança pública. Seu comprometimento com a carreira única dos policiais federais só fortalece o apoio de nossa categoria”, disse o presidente do Sinpofal.

Renan relembrou sua trajetória enquanto Ministro da Justiça, citando que buscou alternativas para dar mais celeridade e praticidade à instituição Polícia Federal. “A reconstrução da imagem da Polícia Federal sempre foi um compromisso meu. Tentaram retirar a gratificação, incorporada há mais de 15 anos aos policiais federais, mas em minha época, enquanto ministro, não permiti que isso acontecesse”, disse.

O líder do PMDB, acompanhado do candidato ao Senado Eduardo Bomfim, PCdoB, reafirmou seu compromisso com o sobrestamento da Proposta de Emenda Constitucional 549 e com a carreira única, afirmando que a legislação brasileira não pode impedir a progressão funcional dos policiais federais. E prometeu todo apoio à luta da categoria.
 

por Assessoria

Comentários comentar agora ❯