14 Novembro 2009 - 09:50

Governador inaugura delegacia e cria companhia da PM em Marechal

PC-AL

O governador Teotonio Vilela Filho disse, que a melhor resposta e homenagem ao policial civil e vigilante mortos em tiroteio durante assalto a uma agência da Caixa Econômica Federal, em Maceió, “é permanecer de cabeça erguida e continuar a combater o crime sem lhe dar nenhuma trégua”. A afirmação do governador foi feita durante a assinatura de decreto que cria a Companhia Militar Independente de Marechal Deodoro e Barra de São Miguel, como parte das ações realizadas com a transferência do gabinete institucional do Governo para a antiga capital de Alagoas. Também foram entregues duas modernas viaturas à Polícia Militar e inauguradas as obras de reforma da Delegacia de Polícia Civil do município.

Antes de iniciar seu discurso, Teotonio Vilela Filho pediu um minuto de silêncio em memória ao policial civil Anderson de Lima Silva e ao vigilante Aldessandro Pereira também morto no tiroteio. “Nosso governo não passa a mão na cabeça e não tem comprometimento com ninguém que esteja fora da lei. Passou o tempo da ingerência para indicações de delegados ou comandantes de batalhões. Nosso compromisso é com a defesa da sociedade”, enfatizou.

O governador lembrou que a violência é um problema mundial e que muitos insistem que a solução é matar bandidos. “A experiência mostra que essa solução não é a correta porque não resolve o problema e ainda leva a polícia a descaminhos indesejáveis”. Mesmo reconhecendo as dificuldades enfrentadas, Teotônio mencionou que, em menos de dois meses, as polícias alagoanas estarão recebendo mais 220 viaturas, novas armas e um helicóptero capaz de conduzir vários policiais para o combate sistemático à criminalidade.

Ao lado disso, a política de implantação dos Territórios de Paz e do policiamento comunitário vai continuar. “A política de segurança pública só terá eficácia com a participação de todos, pois essa é uma questão de responsabilidade de cada cidadão”, completou. Ele destacou ainda o trabalho de parceria que vem sendo feito pelo delegado-geral da Polícia Civil, Marcílio Barenco, com as prefeituras municipais para a construção e reforma de delegacias em diversas cidades do Estado.

O secretário de Defesa Social, Paulo Rubim, anunciou que com a prorrogação do decreto de urgência já assinado pelo governador será possível continuar com as melhorias que estão sendo realizadas nas delegacias de polícia e no sistema prisional alagoano, como em todo o sistema de segurança pública do Estado.

prefeito Cristiano Matheus ressaltou o trabalho dos atuais gestores da segurança e do governador para conter a violência em Alagoas. “Sei que os senhores têm o propósito de acertar e que são pessoas do bem, como é o governador”, acrescentou.

As solenidades tiveram as presenças também do secretário do Trabalho, Emprego e Renda, Régis Cavalcante; dos chefes do Gabinete Civil, Álvaro Machado, e do Gabinete Militar, coronel Ronaldo dos Santos; do comandante da PM, coronel Dalmo Senna, além de diretores da Polícia Civil, políticos, e da população de Marechal Deodoro.
 

por Ascom PC-AL

Comentários comentar agora ❯