13 Junho 2010 - 13:34

PT oficializa candidatura de Dilma à Presidência e indicação de Temer para vice

Agência Brasil
Dilma e Temer durante a convenção do PT

Em votação simbólica, os petistas aprovaram neste domingo (13), durante a convenção nacional do PT, em Brasília, a formalização da canditatura de Dilma Rousseff (PT) à Presidência da República e a indicação do deputado Michel Temer (PMDB-SP) para vice na chapa. Sob clima de festa e homenagem às mulheres, Dilma foi aplaudida pelos presentes. A votação ocorreu logo em seguida ao discurso do presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Ao lado de Lula, no palco, estão a primeira-dama, Marisa Letícia da Silva; o vice-presidente José Alencar; o deputado Michel Temer; o presidente nacional do PCdoB, Renato Rabelo; o ex-ministro dos Transportes Alfredo Nascimento (PR); o presidente nacional do PT, José Eduardo Dutra; o governador de Pernambuco, Eduardo Campos (PE) e o presidente interino do PDT, Manoel Dias.

No discurso, Lula ressaltou as habilidades de Dilma e sua capacidade em administrar. “Ficarei muito feliz de poder entregar a faixa presidencial para uma mulher. Eleger a Dilma significa que é possível dar continuidade às coisas que fizemos neste país”, disse o presidente.

“Eu não tenho dúvida que posso ir para Boa Viagem [praia localizada em Recife, Pernambuco] e tomar água de coco porque ela [Dilma] estará governando este país na maior tranquilidade. O milagre da governança é montar a equipe. E Dilma sabe montar equipe”. “Vocês achavam que o Lula é duro, agora vocês vão ver o que é [ser duro]”, brincou o presidente.

Temer destaca parceria entre PMDB e PT

“Não foi à toa que o PMDB fez a aliança. Foi na convicção de que estava fazendo uma aliança programática para o Brasil. Tem muito Brasil pela frente. Muito o presidente Lula já fez. O PMDB vai entrar nesta com sua alma, não apenas com o raciocínio”, disse Temer, referindo-se à parceria entre o PT e o PMDB na busca pela vitória nas eleições presidenciais.

Agência BrasilHomenagem as Mulheres

O tom de homenagem às mulheres predominou na convenção nacional do PT. Famosas e desconhecidas foram homenageadas na presença do presidente Lula, da ex-ministra Dilma e de várias autoridades. Uma das mais aplaudidas foi Maria da Penha - que deu origem à lei de mesmo nome, que prevê mais rigor às agressões contra mulheres.

Um filme de menos de dez minutos mostrou imagens de Anita Garibaldi, que lutou pela autonomia do Rio Grande do Sul, da compositora Chiquinha Gonzaga e da artista Patrícia Galvão, a Pagu, revelando que “essas mulheres mudaram o Brasil”. Em seguida, foi exposta a imagem de Dilma e a frase: “A Dilma vai mudar o Brasil”.


 

por Agência Brasil

Comentários comentar agora ❯