02 Julho 2009 - 11:12

TSE suspende eleições desse domingo em Neopólis

Rafael Medeiros
Carla Cristiane - Promotora Eleitoral de Neopólis

A eleição suplementar que aconteceria no próximo domingo, dia 05 de julho, na cidade sergipana de Neopólis, foi suspensa por determinação do Tribunal Superior Eleitoral – TSE, após entender que todos os eleitores aptos a votar, mesmo não tendo participado do pleito de 2008, deviam votar normalmente, decisão que contraria o entendimento do Tribunal Regional Eleitoral – TER/SE, que entendeu poder participar da nova eleição, somente aqueles que constavam no pleito de 2008 nos cadernos de votação.

A informação dada na tarde desta quarta-feira, pela Juíza Eleitoral, Rosivan Machado, causou um verdadeiro alvoroço na cidade. Centenas de pessoas das duas coligações que disputam a Prefeitura de Neopólis saíram às ruas para manifestar o apoio ou o descontentamento com a decisão anunciada.

Correligionários do Médico Marcelo Guedes que encabeça a coligação “A Resposta do Povo”, desfilaram pelas ruas de Neopólis com bandeiras, cartazes e pronunciando o número do candidato, que disputa a eleição pelo Partido Trabalhista Brasileiro – PTB.

Partidários da coligação “Resgatando a Dignidade” que tem o ex-prefeito Amintas Diniz disputando a eleição pelo Partido Democrático Trabalhista – PDT, realizaram um comício na chamada Rua da Frente. Mesmo com as fortes chuvas que caíam no início da noite, os eleitores neopolitanos compareceram para tentar entender melhor o que realmente teria acontecido.

Em entrevista a Rádio Penedo FM na manhã desta quinta-feira (02), a promotora eleitoral, Carla Cristiane Cruz Leite, corroborou as informações divulgadas pelo TSE, completando que o questionamento foi provocado pelos Partidos Trabalhista Nacional e Humanista da Solidariedade, este último que tem em seu quadro de filiados o atual Prefeito de Neopólis, Felype Barreto.
 

por Rafael Medeiros

AquiAcontece.com.br © 2016 - Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do AquiAcontece.com.br.