27 Julho 2017 - 10:08

Jovem que conheceu homem pela internet era mantida em cárcere privado no interior de Alagoas

Cortesia - PC/AL
Após denúncias, a polícia localizou a vítima e constatou que ela vivia em cárcere privado

Uma jovem de 24 anos passou momentos de terror nas mãos de um homem identificado como Severino Miguel de Lira, 35, no sítio Mumbaça, na zona rural de Feira Grande. J.C.M, que teria conhecido o suspeito pela internet, era mantida em cárcere privado no Agreste de Alagoas.

Após denúncias, a polícia localizou a vítima e constatou que além de viver em cárcere privado, a jovem era obrigada a manter relações sexuais com o homem. Nesta quarta-feira (26), policiais civis sob o comando da delegada Maria Fernanda Porto, resgataram a mineira natural de Campo Belo.

De acordo com as informações divulgadas pela polícia, J.C.M chegou em Alagoas no dia 18 de julho após viajar em um ônibus clandestino. Durante a viagem, a vítima só se alimentou porque o motorista e passageiros teriam lhe dado comida.

A mulher, que tem problemas psicológicos e faz uso frequente de remédios, trouxe apenas uma bolsa de roupas após o homem lhe prometer vida nova. Quando se viu sem os medicamentos, a vítima foi obrigada a fazer sexo com o acusado.

Depois de vários dias de abusos, a jovem tentou contato com membros de uma igreja evangélica que apoia famílias pobres e em situação de vulnerabilidade para tentar retornar para sua família, mas foi impedida pelo acusado.

J.C.M foi levada ao Instituto Médico Legal (IML) e posteriormente será encaminhada de volta à família na cidade de Campo Belo. Já Severino Miguel recebeu voz de prisão e foi levado à Central de Polícia Civil para os procedimentos cabíveis quanto ao caso.
 

por Redação

Comentários comentar agora ❯