25 Novembro 2009 - 16:47

Bandido morto em assalto tinha prisão decretada

PC/AL
Delegada Sheila Carvalho Dantas

A delegada do 2º Distrito, Sheila Carvalho Dantas, revelou na tarde desta quarta-feira (25), que Fabrício Costa de Souza, o assaltante que morreu em confronto com a Polícia durante o assalto a loja Poly Sport, em Ponta Verde, tinha prisão decretada pela Justiça. Incluive, ele era procurado por policiais daquela distrital.

 Ele estava sendo acusado de envolvimento no assalto recente a loja Schon Tennis, localizada naquele bairro. Outro envolvido no assalto de hoje, identificado como Eliedson do Nascimento, conhecido como Tico, também teria participação no mesmo roubo. Tico confessou o crime no cartório do 2º DP.

 Os marginais, que tinham como cúmplice, Inauro da Silva Bispo, igualmente preso no assalto desta quarta-feira, são acusados no assalto a uma loja de auto peças, localizada na Jatiúca. “Eles foram reconhecidos pelas vítimas do roubo”, declarou a delegada.

 “Acreditamos no esclarecimento de outros assaltos aqui na área da Delegacia do 2º Distrito”, completou.

 A delegada Sheila Carvalho autuou em flagrante na tarde desta quarta-feira, dois acusados de envolvimento no assalto contra a loja Poly Sport, em Ponta Verde. Eles foram presos quando tentavam fugir do local, levando mercadorias. Um terceiro morreu em confronto com a Polícia.

 Eliedson do Nascimento e Inauro da Silva Bispo foram presos no local do assalto. Fabrício Costa de Souza foi baleado em troca de tiros, morrendo a caminho do Hospital Geral do Estado (HGE).

 Segundo a Polícia, os três acusados estavam dentro da loja de artigos esportivos, localizada nas imediações da Praça do Skate, quando uma testemunha percebeu a ação criminosa e comunicou o fato à Polícia. Eles acabaram cercados. Eliedson e Inauro se entregaram na hora. O terceiro saiu atirando.

Após os interrogatórios, os acusados foram conduzidos para Casa de Custódia da Polícia Civil, no bairro do Jacintinho. A delegada tem dez dias de prazo legal para concluir o inquérito e remeter à Justiça. Três revólveres foram apreendidos em poder dos marginais.

por PC/AL

Comentários comentar agora ❯