18 Setembro 2017 - 15:44

Esposa de jovem encontrado morto em Penedo se apresenta na delegacia e tese de suicídio perde força

Arquivo pessoal
Vanderlan Oliveira, 26 anos, não comteceu suicídio

No último sábado, 16 de setembro, um jovem identificado como Vanderlan Oliveira, 26 anos, foi encontrado morto em sua residência. Desde então levantou-se a possibilidade de que Dé, como era mais conhecido, pudesse ter cometido suicídio, mas essa tese perdeu a força após o depoimento da companheira da vítima.

O delegado Renivaldo Batista, que estava de plantão na delegacia de Penedo quando tudo aconteceu, foi procurado por nossa redação e declarou que a esposa do jovem se apresentou espontaneamente por volta das 19 horas deste domingo, 17, e contou sua versão dos fatos.

“A companheira da vítima compareceu à delegacia de Penedo, acompanhada de seu advogado. Em seu depoimento, ela contou que teve uma discussão com o marido e que ele teria pegado uma faca e partido para cima dela. Ainda segundo ela, os dois teriam travado uma luta corporal e durante a briga o jovem acabou sendo ferido no pescoço, de forma acidental”, explicou.

Ainda segundo Batista, como não estava mais em flagrante e nem havia contra ela um mandado de prisão em aberto, a esposa de Vanderlan Oliveira, que não teve o nome revelado, foi liberada após prestar seu depoimento.

O delegado Fernando Lustosa também conversou com nossa redação. Ele declarou que ainda está se inteirando do caso, mas que já nessa terça-feira, 19, pretende começar a ouvir algumas pessoas sobre o ocorrido.
 

por Redação

Comentários comentar agora ❯

  • Antônio Essa versão dela eu não acredito Dé não era um cara violento, pelo contrario muito pacifico e gente boa demais. Na festa de Bom Jesus de 2016 ela cortou o rosto dele com uma garrafa na presença de amigos e primos. Muito possessiva e ciumenta, brigavam muito.
  • Jamesson Só uma coisa quer digo ela tem quer paga pelo oque ela fiz muita corvadia da parte dela .