17 Novembro 2009 - 15:35

Mais seis pessoas são presas acusadas de participação no assalto à Caixa

PC/AL

Durante a operação que culminou com a morte de um acusado de participação no assalto à Caixa na última quinta-feira (12), também foram presos: Gilson Martins da Silva, 33 anos, o “Neguinho”; Diogo Manoel dos Santos, 25; Elias Vaz de Almeida, 31; Poliana Albuquerque, 23; Rafaela do Nascimento Mendes, a “Rafa”, 26; e Alane Cristina Santos Rodrigues, 28. A ação do Tático Integrado de Grupamentos de Resgates Especiais (Tigre) ocorreu na manhã desta terça-feira (17).

O delegado Paulo Cerqueira, coordenador do Deic, que comanda as investigações desde o dia do assalto à Caixa, informou que Livânio da Silva integra a facção criminosa PCC (Primeiro Comando da Capital), e em Alagoas tinha também ligação com a quadrilha comandada pelo assaltante “Eraldo do Gás”.

No assalto à Caixa, foram mortos o policial Anderson de Lima Silva, gerente do Tigre, e o vigilante Alersandro Ferreira.

Pelas investigações já realizadas ficou confirmado que o grupo criminoso está envolvido em diversos assaltos acontecidos no Estado. Em um deles, os assaltantes levaram um caixa eletrônico da CEF, instalado na Prefeitura de Santa Luzia do Norte. Um automóvel Doblô usado no assalto foi apreendido pela polícia. O carro era utilizado para transportar os terminais de bancos sem levantar suspeita.

A quadrilha planejava assaltos com agências e caixas eletrônicos nas cidades de Marechal Deodoro e Barra de São Miguel.

A quadrilha utilizava a casa de shows "K'SAMBA", localizada no Stella Maris, para lavar o dinheiro arrecadado com os crimes.

Agora, são 15 integrantes da quadrilha já presos. Na última sexta-feira (13), a Polícia Civil de Alagoas divulgou as fotos e os nomes de oito integrantes da quadrilha: Lílian Kelle Alves de Lima, Cícero Alves de Lima Júnior, José Adriano de Freitas Oliveira, Alexandre dos Santos Leandro, Flávio Gomes dos Santos, Wilson Ribeiro dos Santos, Flávio Henrique Rodrigues da Rocha e Tiago Francisco da Silva. Também está preso Márcio Andrei Vieira Freire, proprietário de um automóvel Corsa que teria sido usado na fuga de parte da quadrilha.

Sérgio Correia de Lima Júnior, outro membro do grupo criminoso, foi morto em uma troca de tiros com policiais no bairro de Guaxuma, pouco antes da meia-noite de domingo (15).

Conforme o delegado Paulo Cerqueira, novas prisões poderão ser feitas.

O inquérito é presidido pela delegada Ana Luíza Nogueira, e o trabalho tem a participação também do delegado Francisco Amorim Terceiro.

 

por PC/AL

Comentários comentar agora ❯