12 Abril 2017 - 09:16

Ex-marido de Jaciara será indiciado por homicídio qualificado, diz Polícia Civil

Divulgação
Alberdan cometeu o crime após a vítima ameaçar ir morar em Belo Horizonte e levar a filha fruto do relacionamento do casal

Durante entrevista concedia a imprensa, o delegado Guilherme Iusten divulgou, na tarde desta terça-feira (11), que Alberdan de Souza Ferreira, acusado de matar a jovem Jaciara Ferreira, será indiciado por homicídio qualificado, cometido em circunstâncias que tornam o crime mais grave do que já é.

Segundo Iusten, durante a perícia realizada no veículo usado no dia do crime pelo homem, foram colhidos materiais genéticos, e agora, a polícia aguarda os resultados dos laudos dos institutos Médico Legal (IML) e de Criminalística (IC) para a conclusão do inquérito policial.

"Foram colhidos fios de cabelo e impressões digitais dentro do veículo de Alberdan, que, possivelmente, foi utilizado no crime. Porém, até o momento, não há indícios da participação de uma terceira pessoa. O próprio acusado afirmou que agiu sozinho", disse Guilherme Iusten.

O prazo para a entrega do laudo, de acordo com a Perícia Oficial de Alagoas (POAL), é de 30 dias. Segundo a assessoria da POAL, o corpo da vítima apresentava ferimentos provocados por arma branca, na região do pescoço, além de outras lesões secundárias na cabeça e ombro direito, provocadas pelo mesmo tipo de instrumento contundente.

As investigações apontam que Alberdan cometeu o crime após a vítima ameaçar ir morar em Belo Horizonte e levar a filha fruto do relacionamento do casal. 

por Redação

Comentários comentar agora ❯