08 Agosto 2019 - 08:52

Deputados estaduais darão R$ 12 mil para quem localizar suspeitos de decepar dedos de empresária em Alagoas

Ascom - ALE
Deputado estadual Cabo Bebeto cobrou informações sobre a identidade dos autores

Após um crime registrado no dia 27 de julho, em que uma empresária teve dois dedos da mão decepados por assaltantes em Arapiraca, deputados, consternados com o violento caso, fizeram uma “vaquinha” que será paga a quem identificar os criminosos.

Nesta quarta (7), o deputado estadual Cabo Bebeto (PSL), que é presidente da Comissão de Direitos Humanos da Assembleia Legislativa, fez um pronunciamento na ALE para cobrar informações sobre a identidade dos autores, que no momento do crime usaram uma faca e um martelo.

Passando de mesa em mesa, o parlamentar sugeriu a criação de uma “vaquinha” para recompensar quem passar informações sobre o delito praticado com violência contra Marizete Maria de Oliveira.

Inicialmente Cabo Bebeto ofereceu R$ 3 mil. Seguindo o deputado estadual, seus colegas se reuniram e conseguiram arrecadar o montante de R$ 12 mil.

Informações sobre a autoria do crime poderão ser repassadas ao Disk Denúncia da Polícia Civil, através do 181. A ligação é gratuita e o denunciante não precisa se identificar. Efetuada a prisão dos acusados, o pagamento da recompensa será "de forma discreta e segura".
 

por Redação

Comentários comentar agora ❯

  • [email protected] Isso só porque é deputada e porque não criar leis que puni mais esses delinquentes?