06 Novembro 2019 - 15:34

Acusado de estupros em Penedo, empresário do ramo de acessórios automotivos é procurado pela polícia

Reprodução
O empresário do ramo de acessórios automotivos é acusado de ter praticado, pelo menos, dois estupros de vulnerável

A 4ª Vara Criminal da comarca de Penedo, através do magistrado Nelson Fernando de Medeiros Martins, expediu um mandado de prisão preventiva em desfavor de Thiago Caroso Santana, 32 anos. O empresário do ramo de acessórios automotivos é acusado de ter praticado, pelo menos, dois estupros de vulnerável.

De acordo com o mandado, que atende ao pedido formulado pelo delegado Gustavo Xavier, responsável pelo inquérito que investiga denúncias contra o representado, a prisão de Thiago Caroso é necessária para garantir a ordem pública, assegurar a aplicação da lei penal e por conveniência da instrução criminal.

“A investigação diz respeito ao crime de estupro de vulnerável. Alega-se que Thiago abusou sexualmente de uma menor de 14 anos em uma viagem que realizaram em grupo, no dia 20 de outubro do corrente ano. Que o representado teria sentado ao lado da vítima durante os percursos de ida e volta e que, durante o retorno, abusou da menor”, diz trecho do mandado.

Ainda segundo o documento, suspeita-se ainda que o investigado teria abusado sexualmente de um outro menor no ano de 2016. “Segundo depoimento do menor, no carnaval daquele ano, no interior de um carro, Thiago teria tentado tocar suas partes intimas, não conseguindo, tentou fazer com que o menor o tocasse”, complementa o mandado.

Em depoimento, o menor afirmou que, na época em que o incidente aconteceu, seus familiares não tiveram coragem de denunciar o crime, no entanto, com a notícia desse novo caso, seus pais decidiram procurar a polícia. As duas vítimas residem na mesma rua em que o investigado morava com seus familiares, no bairro Santo Antônio, conhecido historicamente como Barro Vermelho.

Policiais de Alagoas e Sergipe seguem no encalço do empresário que até o momento não foi localizado, sendo o mesmo já considerado como foragido da Justiça.
 

por Redação

AquiAcontece.com.br © 2016 - Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do AquiAcontece.com.br.