31 Maio 2020 - 12:04

Fórum de Penedo alerta colaboradores sobre a necessidade de manter o teletrabalho

Caio Loureiro/TJ-AL
Presença física na unidade judiciária deve ser apenas em casos de extrema necessidade

O magistrado Nelson Fernando de Medeiros Martins, superintendente do Fórum da Comarca de Penedo, reforçou, por meio de ofício-circular, a necessidade dos colaboradores da unidade judiciária seguirem estritamente as normas do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), do Tribunal de Justiça de Alagoas (TJAL) e da Corregedoria Geral de Justiça (CGJ/AL) quanto ao regime de teletrabalho.

De acordo com o magistrado, o número de casos na cidade tem aumentado e é fundamental que todos dêem prioridade ao trabalho remoto para diminuir os riscos de contaminação do novo Coronavírus.

''Entendemos que em alguns lugares do interior a internet não funciona bem e por isso alguns colaboradores preferem ir ao Fórum. Oriento que essas idas ao local de trabalho sejam somente em casos de extrema necessidade, que tentem acessar o SAJ em horários alternativos aos de pico, adaptando seus horários de trabalho'', sugeriu o juiz.

Obedecendo à resolução do CNJ, o teletrabalho no Judiciário estadual durante a pandemia da Covid-19 foi imposto pelo Tribunal de Justiça de Alagoas e a Corregedoria Geral de Justiça no dia 20 de março deste ano e, na última terça-feira (29), foi prorrogado mais uma vez, devendo magistrados e servidores trabalharem de casa até o dia 14 de junho. 

por Dicom TJ/AL

Comentários comentar agora ❯