28 Maio 2020 - 09:45

Com auxílio do Sebrae, associação de bordadeiras de Penedo cria plataforma digital

Divulgação
Atualmente, o grupo de mulheres bordadeiras conta com a mão de obra e com o talento de 32 associadas

A associação de bordadeiras Pontos e Contos, que fica localizada na cidade de Penedo, existe desde 2005. Motivada pela possibilidade de mudar a realidade de moradoras da cidade, dona Francisca Lima, atual presidente da associação, e sua mãe deram os primeiros passos do projeto. Atualmente, o grupo de mulheres bordadeiras conta com a mão de obra e com o talento de 32 associadas.

“Trabalhamos com vestuário feminino e masculino, produzindo inclusive peças para crianças. Nas peças, a gente conta histórias de Penedo, do folclore, as lendas. A gente borda o cotidiano da cidade”, disse a presidente da associação.

Dona Francisca conta que, antes da pandemia do novo Coronavírus, todas as associadas se dirigiam uma vez por semana ao local onde funciona a associação para que pudessem pegar o material que seria utilizado na produção das peças bordadas. Na semana seguinte, as bordadeiras retornavam com as peças finalizadas e aproveitavam para levar mais material para casa.

Atualmente, depois de uma pausa nas atividades para repensar estratégias de produção e venda dos produtos, dona Francisca, que está no grupo mais vulnerável da Covid-19, decidiu levar todo o material para a sua casa, que passou a ser um ponto de distribuição e de armazenamento dos bordados.

“Agora, elas continuam trabalhando em casa e, depois da produção, trazem as peças finalizadas até a minha casa. Inclusive, estamos aproveitando o momento para fazer todas as consultorias que o Sebrae está oferecendo, como de marketing digital por exemplo, e a última coisa que fizemos foi colocar o nosso site no ar”, explicou dona Francisca.

A plataforma digital disponibilizada recentemente foi construída com o auxílio da equipe do Escritório Regional do Sebrae Alagoas em Penedo e, de acordo com a presidente da associação Pontos e Contos, tem ajudado a manter as vendas dos bordados durante o período de crise.

“Nós fizemos o site através da consultoria Sebraetec do Sebrae Alagoas, no ano passado, e ainda não havíamos colocado no ar. Agora, por causa da pandemia, consideramos importante ativar o site. Contratamos um fotógrafo, que fez fotos de todas as peças, e agora o site está garantindo as nossas vendas. Aos poucos, a gente está conseguindo vender pela internet. Antes, a gente estava tendo muitas dificuldades porque sem vendas a associação não existe”, compartilhou, aliviada, a presidente da associação.

A gerente adjunta da Agência de Atendimento Integrada do Sebrae Alagoas em Penedo, Cintia Silver, ressalta que os produtos da associação tiveram uma ampliação de público consumidor ao longo dos anos. “Elas contrataram a consultoria do Sebraetec para desenvolver o e-commerce delas. Elas vendem para o Brasil todo e até exportam peças, por isso, a plataforma seria um passo importante. Hoje, podemos dizer que a associação é uma fonte de renda para essas famílias”, destaca.

Para gerente adjunta, os bons resultados da associação são garantidos pela dedicação das bordadeiras, mas também pela visão empreendedora da dona Francisca, que sempre procurou apoio do Sebrae para conduzir o trabalho.

“A dona Francisca tem uma visão inovadora de mercado. Ela sabe que o Sebrae pode ajudar com soluções e reconhece a importância de participar de eventos e receber consultorias, por exemplo. Ela enxergou essa possibilidade de lançar o site e de ter mais um canal de venda”, destacou Cintia Silver.

O site da associação Pontos e Contos pode ser acessado por meio do endereço https://pontosecontos.com.br

por Assessoria

Comentários comentar agora ❯