14 Novembro 2017 - 15:49

Prefeito de Penedo se posiciona após reivindicação de manifestantes e trabalhadores do campo

aquiacontece.com.br
Prefeito irá solicitar o documento de legalização do Assentamento

Após manifestantes e trabalhadores do campo ocuparem a prefeitura de Penedo para reivindicarem infraestruturas sociais e produtivas, o prefeito da cidade se posicionou através da sua assessoria.

Em nota, Marcius Beltrão informou que o grupo de integrantes do Movimento Sem Terra (MST) não está ligado ao Assentamento Novo Horizonte e nem ao Assentamento São José.

Ainda segundo o chefe do poder executivo municipal, o grupo invadiu uma terra da Usina Paisa, que fica próxima ao Centro Educacional Esportivo Dr. Alcides dos Santos Andrade, antigo Sesi.

A usina já entrou com uma ação de reintegração de posse do local invadido, que se trata da Fazenda Laranjeiras e é destinada ao cultivo da cana-de-açúcar, matéria prima da empresa para a industrialização de açúcar e álcool.

Beltrão garantiu que tem compromisso com os dois assentamentos que estão legalizados com o Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (INCRA) e que os compromissos serão cumpridos.

Durante a tarde desta terça (14) o grupo foi recebido pelo prefeito, que irá solicitar o documento de legalização do Assentamento. A pauta de reivindicação do movimento é bastante ampla e versa, principalmente, sobre o cumprimento de direitos constitucionais, como a garantia de uma Saúde e Educação digna e de qualidade; acesso ao esporte e lazer; construção de uma sede; coleta de lixo na comunidade; distribuição de leite para as crianças; e a utilização de um trator para arar a terra para que os manifestantes possam trabalhar, entre outros itens.

por Redação

AquiAcontece.com.br © 2016 - Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do AquiAcontece.com.br.