14 Outubro 2019 - 13:18

Semdsh Penedo promove projeto social para moradores do Residencial Vale do São Francisco

Secom - PMP
Objetivo do projeto é promover a melhoria das condições de moradia às famílias beneficiárias

A Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social e Habitação – Semdsh, da Prefeitura de Penedo está em fase de elaboração do Projeto técnico social que destina-se aos moradores do Residencial Vale do São Francisco, situado na Rodovia Engenheiro Joaquim Gonçalves, AL 101 Sul, Bairro Dom Constantino, .

O empreendimento acima citado é financiado pelo Ministério das Cidades (MCIDADES), pelo Programa Minha Casa Minha Vida (PMCMV), com recurso do FAR (Fundo de Arrendamento Residencial), cujo agente repassador dos recursos é a Caixa Econômica Federal (CEF) e é composto por 600 Unidades Habitacionais.

O referido projeto está sendo elaborado pela equipe técnica da SEMDSH, juntamente com a participação dos beneficiários do programa através da aplicação do questionário social.

Após sua conclusão, será encaminhado à Caixa Econômica Federal para aprovação e posterior contração da Empresa para execução do mesmo, que será por meio de processo licitatório.

De acordo com a SEMDSH, o objetivo do projeto é promover às famílias beneficiárias a melhoria das condições de moradia e de vida através da socialização do conhecimento e capacitação na perspectiva da participação socioeducativa das famílias com ênfase no mercado de trabalho, na preservação patrimonial e ambiental, prevendo a auto- sustentabilidade do Projeto.

As ações para fase de elaboração do projeto, tiveram início na última terça-feira (8), das 16h às 20h, por meio da visitação às residências, com o objetivo de ouvir os moradores e através da aplicação do questionário relatar suas necessidades e problemáticas, que irão construir as ações do projeto para melhoria da qualidade de vida das famílias beneficiárias.

Na próxima terça-feira (15), haverá uma reunião com todos moradores, momento no qual será apresentado o resultado do questionário e esclarecimento sobre o andamento do projeto e suas ações. A reunião começa às 19 horas, na praça do residencial que fica localizada em frente à padaria ( conhecida como padaria do “fura bolso”).

Ações da SEMDSH

O presente Projeto Social será de grande valia, porque visa despertar os beneficiários do programa sobre a importância da função social da habitação, através da participação de ações de cunho socioeducativo, como palestras, dinâmicas, atendimentos sociais, e ainda, cursos de geração de emprego e renda, impactando na sustentabilidade do programa e na melhoria da qualidade de vida de todos os envolvidos no processo. É o que destaca o diretor habitacional, João Pedro Pereira.

“Já iniciamos o diagnóstico social onde as equipes da Semdsh (CRAS, SCFV, Criança Feliz, Bolsa Família) realizaram conosco algumas visitas nas residências para conhecer a realidade vivenciada por cada famílias e colher informações para planejar as ações tipo: qual o curso que eles desejam fazer para gerar emprego e renda e em cima das problemáticas realizar as palestras e intervenções necessárias”, explicou a Assistente Social Leidy Ane Oliveira.

Leidy Ane Oliveira também destacou que o diagnostico é um instrumento que permite conhecer as famílias beneficiárias e definir as ações que serão desenvolvidas. Por isso a equipe da Semdsh deu início à aplicação de um questionário através de entrevistas com essas famílias e a participação efetiva de todas as famílias é fundamental para o sucesso do projeto e impacto na vida de cada um.

“Não tendo as famílias que terem medo de fornecer as devidas informações, pois não se trata de nenhuma fiscalização e sim momento de construção de ações para melhoria da qualidade de vida de todos”, enfatizou.

Em reunião com o Presidente da Associação de Moradores do Residencial Vale do São Francisco, com a presença do Presidente Manoel Dalvino da Silva, o Diretor Habitacional da Semdsh João Pereira e a Técnica e Assistente Social Leidy Ane Oliveira, foram discutidos previamente a importância do projeto técnico social e como as ações serão realizadas e planejadas, o esclarecimento sobre o objetivo das visitas e a importância da participação de todas as famílias na construção e sugestão das ações que serão desenvolvidas.

por Secom - PMP

Comentários comentar agora ❯