13 Maio 2017 - 09:45

Rede de informações do SAAE do município de Penedo é alvo de ciberataque mundial

Ilustração
Invasores se comunicaram com o SAAE pedindo 300 bitcoins

Um ataque hacker cometido nesta sexta-feira (12) contra infraestruturas de informática afetou empresas privadas e instituições governamentais em diversas partes do mundo. O ciberataque, usando um vírus do tipo ransomware, atingiu países como Espanha, Reino Unido, Turquia, Ucrânia, Rússia e também o Brasil, onde o problema foi detectado em vários estados.

Em Alagoas, um dos alvos foi a rede de informações da Previdência Social, cujos postos tiveram de fechar mais cedo e os serviços de atendimento ao público de concessão de benefícios e agendamento de perícias médicas foram totalmente suspensos. O Tribunal de Justiça de Alagoas (TJ/AL) também foi atacado e de imediato determinou o desligamento do acesso externo ao site.

No interior de Alagoas, um dos alvos foi a rede de informações do Serviço Autônomo de Água e Esgoto (SAAE) de Penedo. O diretor de relações públicas da autarquia municipal, Caio Gonçalves Brandão, conversou com nossa redação e contou que logo nas primeiras horas desta sexta-feira, 12, os servidores notaram algo estranho no sistema.

“Infelizmente nossa rede de informações foi invadida por esses hackers, mas apesar do susto, conseguimos evitar que isso causasse um dano maior para a autarquia. Trabalhamos com um planejamento eficiente de backup de nossos arquivos, de forma diária, semanal e mensal. Graças a isso não perdemos as informações do sistema. Apenas o que foi registrado do dia 05 pra cá em nosso servidor desapareceu, mas já estamos trabalhando para colocar tudo em dia novamente”, explicou.

Ainda de acordo com Caio Gonçalves, os invasores se comunicaram com o SAAE pedindo 300 bitcoins, nome dado para uma criptomoeda gerada via internet por um processo chamado “mineração”, como “resgate” do sistema “sequestrado”. “Nós recebemos uma mensagem dizendo que a gente tinha que pagar 300 bitcoins para que o sistema fosse normalizado. O pagamento, segundo os invasores deveria ser feito com dólar e através de um boleto. É óbvio que não pagamos, mas conseguimos resolver o problema”, complementou.

Software malicioso

Segundo uma nota da empresa russa Kaspersky, que produz softwares de segurança cibernética, o ataque indiscriminado ocorreu através de um sistema de propagação que utiliza uma vulnerabilidade detectada nos sistemas operacionais da Microsoft. A empresa divulgou um comunicado no qual diz que identificou o rootkit (tipo de software malicioso, programado para se ocultar no sistema sem ser encontrado pelo usuário ou por antivírus) utilizado para efetuar o ciberataque.

por Redação

Comentários comentar agora ❯

  • Ignorantes Se o site http://saaepenedo.com.br/ fosse atacado por hackers estaria inativo até agora. Povo ignorante...
  • Funcionário saae Ignorante pelo jeito é você, desinformando. Ontem mesmo os sites atacados voltaram a normalidade. http://www.previdencia.gov.br/ e http://www.tjal.jus.br/ são alguns exemplos.