12 Agosto 2010 - 18:14

Reintegração de posse do aeroporto de Penedo acontece nesta sexta, 13

Cone Freire - Arquivo Aqui Acontece
Ordem para desocupar terrenos situados na área do aeroporto de Penedo será cumprida nesta sexta-feira, 13

A reintegração de posse de terrenos situados na área do Aeroporto Freitas Melro, localizado em Penedo, acontece nesta sexta-feira, 13. Por determinação da justiça federal, as 73 pessoas citadas no mandado não poderão mais morar ou manter os cultivos nas roças, única fonte de sustento para a maioria dos agricultores que salvaram o que puderam das plantações no decorrer dessa semana.

A data certamente será de triste lembrança para a maioria dos posseiros, chefes de famílias de baixa renda, alguns inclusive com residência fixa na roça. A ocupação dos espaços, acentuada nas duas últimas décadas, deveria ter sido coibida pela prefeitura de Penedo. Convênio assinado entre a Aeronáutica e administração municipal em meados de 1990 passou a gestão do aeroporto ao município, contrato renovado automaticamente a cada cinco anos.

A reportagem do portal de notícias Aqui Acontece manteve contato com advogados que defendem algumas das pessoas intimadas pela justiça federal para deixar a área. Um deles informou que tentava a suspensão da desocupação por meio de medida cautelar, mas admite que não haverá tempo para obter um resultado favorável até o término do prazo determinado pelo Tribunal Federal sediado em Recife-PE.

“Ela tem o título da propriedade, mas o processo está em andamento”, afirma advogado

“Ela tem o título da propriedade, mas o processo está em andamento e não teremos uma resposta de hoje para amanhã”, afirmou o advogado Tancredo Pereira, sem revelar a identidade de sua cliente. Na defesa de Rosa Catum, uma das posseiras citadas no mandado, atua o advogado Pedro Leão, que inclusive participou de audiências na justiça federal. “Ela pediu um ‘chão’ no mesmo padrão para reconstruir as casas dos filhos, eles iriam aproveitar tudo o que pudessem, a prefeitura levantaria o imóvel e eles mudariam”, disse sobre a proposta que não avançou.

A reportagem conversou também com o prefeito de Penedo, Israel Saldanha. Ele voltou a afirmar que a prefeitura “não tem nada a ver” com a ordem para desocupação e apontou culpados pela ausência de uma solução, ainda que temporária, para atender os pequenos agricultores.

“Os advogados e os latifundiários fizeram a cabeça dos miúdos”, acusa prefeito

Cone Freire - Arquivo Aqui Acontece“Os advogados, junto com os latifundiários, fizeram a cabeça dos miúdos e os miúdos foram atrás dos grandes”, declarou o prefeito, alegando que ocupantes dos terrenos de maior área teriam influenciado os demais posseiros a conseguir indenização pela perda das culturas e dos imóveis. Israel Saldanha disse ainda que a questão foi detalhada aos ocupantes durante reunião realizada em fevereiro deste ano, encontro coordenado pela então prefeito Alexandre Toledo.

“Durante a reunião no Sesp (local do encontro), foi esclarecido todos os pontos, foi dito a eles que a prefeitura não tinha nada a ver com isso e que havia a possibilidade da remoção para os pequenos agricultores que trabalham ali, o que não resolveria a situação dos latifundiários”, acrescentou Saldanha. Proprietários e advogados ouvidos pela reportagem negaram ter influenciado na decisão dos pequenos agricultores.

Ás vésperas do despejo geral, o advogado Pedro Leão lamenta o desfecho do caso. “É até um contra-senso de um governo que prega a reforma agrária e promove essa desocupação, inclusive com a condescendência das autoridades locais”, argumentou. O site também manteve contato com o Centro de Gerenciamento  de Crises da Polícia Militar e foi informado que o orgão responsável por intermediar situações de conflito não tem nenhuma atividade programada para Penedo nesta sexta-feira, 13.
 

por Fernando Vinícius

Comentários comentar agora ❯

  • José Felix Realmente é um governo sem coração e mentiroso!! Vai fazer a polícia tirar pessoas que já estavam definidas para terem um novo lugar e ainda será a força!! Para finalizar ainda vem com essa história de que os grandes fizeram a cabeça!! hehehe!! realmente é um GOVERNO MENTIROSO!! Para lmbra, os grandes plantam cana e vendem pra quem?? quem manda nos grandes??
  • Jose Maria A prefeitura iria doar o terreno para os posseiros sairem amigavelmente, como o prefeito diz q não tem nada a ver??? É triste ter um prefeito que se esquiva das sua obrigações junto com os populares de sua cidade!!
  • Emanuela Queiroz Esse é o homem q quer ser dep. federal er trabalhar em "PROL DOS PENEDENSES"; Acredite quem quiser...
  • carlos estou a oito anos fora de penedo. gente nao muda nada. nao chega uma industria. nao chega nada.e os prefeitos.sai um ruim.entra outro pior.prefeito voce tem agir.essa turma tem 20 anos nesse terreno.se e pra pedir voto. voces sempre tem um geitinho. mais na hora do vamos vé. voce que cai fora. trabalhe para o povo.afinal e do meu bolço e de muitos penedense que sai seu salario.prefeito saldanha.se ponha no lugar deles. realise como voce ficaria 20 anos perdido, .