16 Junho 2017 - 15:26

Constituição empresarial em Alagoas cresce 23% em maio

A constituição de empresas apresentou crescimento de 23% em maio. No mês, foram abertos 1.939 negócios em Alagoas, contrastando com as 1.575 inscrições de empreendimentos em abril. O quantitativo registrado em maio foi o segundo maior valor observado no ano, ficando atrás apenas das 2.058 constituições anotadas em março.

Assim como foi observado nos meses anteriores, o Microempreendedor Individual (MEI) foi o destaque do mês, com 1.455 constituições. O MEI é um tipo empresarial caracterizado como pequeno empresário com faturamento máximo de R$ 60 mil por ano e sem participação em outra empresa como sócio ou titular.

O valor restante registrado em maio pode ser subdivido em 358 microempresas (ME) - negócios com renda bruta anual inferior ou igual a R$ 360 mil -, 94 empresas de pequeno porte (EPP) – negócios com renda bruta anual superior a R$ 360 mil e inferior a R$ 3,6 milhões – e 32 negócios considerados sem porte. O quantitativo de EPPs foi o maior anotado no ano.

Em relação às seções de atividades econômicas, cinco seções apresentaram, em maio, os maiores valores do ano. Foram elas: construção (117 empresas constituídas); atividades profissionais, científicas e técnicas (115); artes, cultura, esporte e recreação (54); saúde humana e serviços sociais (38); e informação e comunicação (27).

Em maio, Maceió anotou o maior número de constituições no ano, com 896 empreendimentos inscritos. Além da capital, outros 12 municípios também apresentaram os maiores quantitativos no mês, foram eles: Rio Largo (68), Palmeira dos Índios (57), Campo Alegre (30), Teotônio Vilela (21), Olho d`Água das Flores (18), Barra de Santo Antônio (12), Japaratinga (10), Girau do Ponciano (9), São Miguel dos Milagres (9), Quebrangulo (8), Mata Grande (7) e Jaramataia (6).

por Agência Alagoas

Comentários comentar agora ❯