15 Julho 2017 - 11:09

Cooperação entre a China e América Latina é debatida em Pequim

Especialistas de diversas áreas se reuniram nesta semana em Pequim para discutir o aprofundamento de mecanismos de cooperação entre a China e América Latina. Eles participaram do Diálogo de Jovens Pesquisadores China-América Latina 2017 e do 4º Fórum Sino-Latino-Americano de Jovens Líderes.

O diretor executivo do Centro de Estudos Brasileiros da Academia Chinesa de Ciências Sociais, Zhou Zhiwei, acredita que os países devem priorizar a integração econômica e comercial, mas argumentou que muitas nações Latino-americanas não têm políticas claras em relação à China, o que traria desafios para uma efetiva cooperação.

Na avaliação do diretor de pesquisas do Centro de Estudos Internacionais Gilberto Bosques do Senado mexicano, Arturo Magaña Duplanher, a América Latina precisa construir uma política estratégica voltada para a China, segunda potência econômica mundial, para que a relação seja menos assimétrica. O analista defendeu o fortalecimento da indústria na região de forma que os países fiquem menos dependentes da exportação de commodities.

por Agência Brasil

Comentários comentar agora ❯