05 Setembro 2019 - 10:33

Operação Verde Brasil apreende mais de 300 toras de madeira ilegal no PA

Divulgação
Operação Verde Brasil apreende mais de 300 toras de madeira ilegal às margens do rio Moju, no PA

O Comando Conjunto Norte apreendeu, pela Operação Verde Brasil, mais de 300 toras de madeira ilegal às margens do rio Moju, no nordeste do Pará, na ultima quarta-feira (4).

A carga apreendida é transportada para a serraria Padroeira, local onde são concentradas as madeiras ilegais apreendidas pelos agentes.

Segundo o Comando, a apreensão ocorreu em ação de patrulha e inspeção naval de interagências.

O objetivo da ação é verificar crimes ambientais, além de prestar apoio de transporte e segurança a agentes da Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Semas), do Instituto de Desenvolvimento Florestal e da Biodiversidade do Pará (Ideflor-Bio) e da Polícia Ambiental.

Ações de combate a incêndios no PA

As Forças Armadas iniciaram na última quarta-feira (28) o combate efetivo a focos de incêndios florestais nos municípios de Altamira, Marabá e áreas adjacentes. De acordo com o Exército, cerca de 100 militares estão sendo empregados na operação. O Exército vai atuar em áreas de preservação atingidas pelas queimadas.

Ainda segundo o Exército, a ação no estado faz parte da Garantia da Lei e da Ordem (GLO) assinada pelo presidente Jair Bolsonaro (PSL), na última sexta-feira (23), com objetivo de controlar as queimadas na Amazônia.

Até a última terça-feira (27), militares do Exército realizaram o reconhecimento terrestre e fluvial em áreas atingidas por incêndios no Pará. A ação ocorre no eixo Belém – Marabá – Altamira, São Félix do Xingu, e Novo Progresso.

A Polícia Civil do Pará também mandou duas equipes investigarem a denúncia de que produtores rurais teriam se organizado para promover queimadas há duas semanas, em um evento batizado de Dia do Fogo. A Polícia Federal também apura o caso.

por Agência Brasil

Comentários comentar agora ❯