04 Fevereiro 2010 - 13:16

Ação do MPE e do Batalhão Ambiental resulta na prisão de pescadores

Um ação conjunta do Núcleo do Meio Ambiente do Ministério Público, da promotoria de Justiça de Barra de São Miguel e do Batalhão de Polícia Ambiental resultou na autuação em flagrantede dois homens que estavam realizando pesca predatória com uso de explosivos na Lagoa do Roteiro. A prisão de José Edmilson Ferreira dos Santos, de 31 anos, e Orlando Cândido da Silva, de 29 anos, foi feita na madrugada desta quinta-feira (4) pelos homens do Batalhão da Polícia Ambiental.

“Foi um trabalho importante porque a pesca predatória degrada o meio ambiente e prejudica diretamente as gerações futuras”, ressaltou a coordenadora do Núcleo do Meio Ambiente, Dalva Ternório. A promotora de Justiça ainda informou que a fiscalização vai se estender a outros municípios. A pesca predatória com uso de explosivos é crime federal e se condenados, os autores podem pegar de um a cinco anos de reclusão.

 

por MPE

Comentários comentar agora ❯