01 Agosto 2017 - 15:41

IMA identifica material que surgiu em praia de Ipioca

Assessoria
O coordenador alerta, ainda, para que nesse período de fortes chuvas, a população permaneça em alerta e evite o banho de mar

A equipe do Gerenciamento Costeiro do Instituto do Meio Ambiente do Estado de Alagoas (IMA/AL) se deslocou, na manha desta terça-feira (01), até a praia de Ipioca, em Maceió, para verificar um material que apareceu na praia. Os técnicos constataram que se trata de grande quantidade de sacolas plásticas entrelaçadas, extremamente pesadas por causa da areia sobre elas.

A Superintendência de Limpeza Urbana de Maceió (Slum) será notificada para que o material, que está poluindo a praia, seja retirado do local. Devido à quantidade de sacolas plásticas, e a profundidade em que parte delas se encontra enterradas na areia, será necessário que a Slum realize a limpeza.

Segundo o coordenador de Gerenciamento Costeiro do IMA, Ricardo César, nesse período de chuvas diversos tipos de material poluidor têm sido trazidos para as praias alagoanas. Na superfície o que mais surge são garrafas pet, tampinhas de plástico, sacolas plásticas, porém, objetos densos como eletrodomésticos e pneus também são levados pela correnteza e ficam localizados mais profundamente no mar.

O coordenador alerta, ainda, para que nesse período de fortes chuvas, a população permaneça em alerta e evite o banho de mar. Deve-se evitar, principalmente, o banho em praias que estejam diretamente sob influência de rios, canais e córregos, supostamente contaminados por esgotos.

por Assessoria

Comentários comentar agora ❯