26 Agosto 2009 - 20:21

Estudante que teve o corpo queimado morre em Recife

Wadson Correia
Familiares choram a morte do estudante

Fábio Acioli, queimado no último dia 11 durante um rapto, faleceu, na tarde de hoje, no Hospital Restauração, na cidade de Recife, onde estava internado. A informação foi confirmada por amigos da família. Os parentes do estudante ainda não decicidiram onde ocorrerá o velório e o sepultamento do jovem.

Fábio teve 75% do corpo queimados pelos bandidos. O jovem foi transferido do Hospital da Unimed, em Maceió, para o Hospital Restauração, referência para o tratamento de queimados no Nordeste.

O caso

Fábio Acioli foi raptado na noite do dia 11 deste mês, após sair de uma escola de idiomas na Ponta Verde. O rapaz, que é estudante de arquitetura, foi abordado por dois homens ao parar o veículo Peugeot, de cor prata e placa MUH-6407/AL, que pertencia ao pai da vítima.

Levado para um canavial no Complexo do Benedito Bentes, Fábio chegou a ser torturado e os criminosos jogaram gasolina em seu corpo, atearam fogo e em seguida fugiram no veículo. O carro foi encontrado no dia seguinte, queimado, no bairro de Cruz das Almas.

Para escapar da morte, Fábio conseguiu rolar na lama e apagar as chamas do corpo. O rapaz caminhou até a avenida principal do bairro, onde recebeu a ajuda de populares, que acionaram uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU). Ele foi levado para um hospital particular e desde então vem lutando para sobreviver.

por Teresa Cristina/ cadaminuto.com.br

Comentários comentar agora ❯