15 Abril 2018 - 13:04

Acusada de matar mulher no Jacintinho vai a júri nesta segunda (16)

A 9ª Vara Criminal da Capital leva a júri popular Rosângela Maria da Silva acusada de matar Ivanilda Soares da Silva, em outubro de 2000, no Jacintinho. O julgamento acontece nesta segunda-feira (16), a partir das 13h, no Fórum do Barro Duro, e será conduzido pelo juiz John Silas da Silva.

De acordo com a denúncia, a vítima foi assassinada pela ré, um menor e outro homem, já falecido. No dia, Rosângela teria convidado a vítima para ir ao terreno baldio, onde já estavam os outros dois participantes do crime. Ao chegar lá, o homem teria golpeado Ivanilda com várias facadas, enquanto a ré teria feito lesões com uma garrafa quebrada e o menor dado pedradas na vítima.

O homicídio aconteceu em 5 de outubro de 2000, por volta das 17h, no bairro do Jacintinho, e teria sido arquitetado por Rosângela e o acusado já falecido, que teriam convidando Ivanilda para participar da execução do menor – também participante do crime.

Segundo depoimento de uma testemunha, a morte da vítima teria sido causada por conta de dinheiro, além do fato de que as pessoas envolvidas com o crime estariam bêbadas.

Durante depoimento, a ré atribuiu o homicídio aos outros dois acusados e disse que ela e a vítima foram a um campo próximo à Feirinha do Jacintinho, quando Ivanilda saiu para usar o banheiro e demorou a voltar. Ao tentar localizá-la, Rosângela contou que viu a vítima sendo atacada pelos acusados. Ela afirmou ainda ter tentado impedir os ataques, mas Ivanilda já estaria no chão, suja de sangue.

por TJ/AL

Comentários comentar agora ❯