08 Novembro 2018 - 09:13

Mostra cultural revela talentos do Serviço de Convivência

O talento artístico dos usuários do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos(SCFV) é destaque na III Mostra Cultural realizada pela Secretaria Municipal de Assistência Social (Semas) Semas. O evento, que aconteceu nesta quarta-feira (07), reuniu cerca de 500 pessoas no Centro Cultural e de Exposições Ruth Cardoso, no bairro do Jaraguá.

A Mostra é um momento de intercâmbio cultural entre crianças adolescentes, mulheres, jovens e idosos do Serviço de Convivência dos Centros de Referência de Assistência Social(Cras), dos Núcleos Lar São Domingos, Caic Ufal Juvenópolis e unidades de acolhimento.

“É uma forma de valorizar não somente os usuários, mas também os profissionais que trabalham diariamente com jovens, adultos e idosos nas unidades”, ressaltou secretária de Assistência Social de Maceió, Celiany Rocha

Segundo o idealizador da mostra cultural e professor de teatro, Alderir Souza, o objetivo do evento é incentivar a prática e o gosto pelo fazer artístico nas modalidades de dança, música, teatro e artes visuais. “Vocês, usuários do Serviço de Convivência, são nossos heróis porque acreditam no nosso projeto e estão dispostos a fazer um evento incrível. Agradecemos aos profissionais, usuários, e à secretária Celiany Rocha, que abraçou a causa desde a primeira mostra realizada pela Semas”, destacou.

As performances tiveram como característica central a discussão e a reflexão de temas que fazem parte do dia a dia dos moradores de comunidades da periferia de Maceió. A programação abordou diferentes temas como drogas, diversidade étnica, namoro, gravidez na adolescência, regras de convivência, violência e cultura de paz.

Para a coordenadora geral do SCFV, Danielle Oliveira, a mostra cultural é um dia em que os usuários e profissionais do Serviço de Convivência são os protagonistas. “Agradecemos o empenho e profissionalismo de todos em realizar esse evento, que é um dia muito feliz para todos nós”, ressaltou.

O grupo do Serviço de Convivência do Lar São Domingos apresentou uma peça com o tema ‘Diversidade Étnico Racial’, com encenação de Abimael Melo.

De acordo com o coordenador do SCFV do núcleo Lar São Domingos, Valter Tenório, é muito importante refletir sobre a diversidade, porque ainda existe muito preconceito. “Queremos formar seres humanos conscientes do seu papel na sociedade, com autoestima elevada e que saibam valorizar a cultura do outro”, disse.

Escolinha da Professora Raimunda abordou Regras de Convivência.Foto:Ascom Semas
Escolinha da Professora Raimunda do SCFV Área Lagunar abordou Regras de Convivência. Foto: Ascom Semas

Lucas Augusto de 16 anos frequenta o SCFV Área Lagunar, localizado no bairro do Prado, e está participando da Mostra Cultural pela terceira vez. “Hoje encenamos uma peça que fala de regras de convivência. Fizemos a ‘Escolinha da Professora Raimunda’. Amo fazer teatro, decorar a falas e participar da Mostra Cultural. Também a gente aprende muitas coisas novas”, contou o adolescente.

Hoje, Maceió atende a cerca de três mil pessoas no Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV) da Semas, localizados nos Cras e em outras unidades. Nessas unidades acontecem diariamente atividades socioeducativas, culturais, esportivas e de lazer. As ações têm o objetivo de propiciar momentos de reflexão sobre as questões vivenciadas pelos usuários, a fim de que identifiquem seus direitos e as formas de acessá-los, utilizando-se de atividades lúdicas, recreativas, criativas e prazerosas para os componentes dos grupos.

por Secom - Maceió

Comentários comentar agora ❯