06 Julho 2017 - 17:39

Quarta audiência do PPAM é realizada em Cruz das Almas

Infraestrutura foi a principal demanda da população na quarta audiência pública para construção do Plano Plurianual Municipal (PPAM) 2018-2021, realizada na Unit, em Cruz das Almas, nessa quarta-feira (05). Cerca de 100 pessoas participaram da audiência que contemplou a discussão sobre políticas públicas para os bairros de Cruz das Almas, Ipioca, Guaxuma, Garça Torta, Jacarecica, Riacho Doce e Pescaria.

De acordo com Jailton Nicácio, diretor de Planejamento Orçamentário da Secretaria Municipal de Economia (Semec), nas audiências já foram recolhidas centenas de sugestões das comunidades que devem ser encaminhadas para análise das pastas responsáveis.

“É perceptível o amadurecimento das propostas e quem vem à audiência pública, em geral, tem direcionamentos claros do que precisa. A qualidade do que tem chegado para nós é muito boa. Maceió só será uma cidade dos nossos sonhos se a gente contribuir para isso”, disse Nicácio.

O secretário municipal de Economia, Fellipe Mamede, também participou da audiência e destacou a importância da participação da população. “Quem vem à audiência, quem deixa sua contribuição, indicando as principais necessidades do seu bairro, une-se à gestão pública em busca de soluções para fazer uma Maceió melhor para todos. É muito importante essa participação e todos estão de parabéns pelo interesse em participar”, destacou.

A metodologia das audiências envolve a discussão de três eixos base para a construção do PPAM: Desenvolvimento Econômico, Desenvolvimento Social e Infraestrutura, e Ambiente. Cada participante ouve os esclarecimentos da metodologia, apresentado por técnicos da Secretaria Adjunta de Planejamento Orçamentário da Semec, e depois segue para as salas temáticas para dar sua contribuição no cenário de construção do plano.

A maior parte das audiências tem debatido muito a questão da educação e da saúde, mas a discussão no eixo infraestrutura ainda é a que mais registra inscritos.

O PPAM contém o planejamento de médio prazo do município, onde consta tudo o que será feito em um prazo de quatro anos. Ao todo, serão oito audiências consultivas, uma em cada região administrativa, e duas devolutivas.

O Plano é um instrumento previsto no Artigo 165 da Constituição Federal e no Art. 74 da Lei Orgânica Municipal, que sintetiza o planejamento previsto para o município de Maceió para um período de quatro anos. No documento devem constar todas as ações que a Prefeitura e suas entidades irão executar ao longo dos próximos quatro anos, sejam essas ações atividades contínuas ou projetos de investimento.

por Secom - Maceió

Comentários comentar agora ❯