06 Fevereiro 2018 - 21:32

Procon Maceió fiscaliza agências bancárias na capital

O Procon Maceió iniciou, nesta terça-feira (06), mais uma etapa da Operação Tempo Certo. A ação tem como objetivo assegurar o cumprimento da Lei Municipal 5.516, de 23 de fevereiro de 2006, conhecida como Lei da Fila do Banco. O regulamento institui o tempo máximo de 30 minutos para que clientes aguardem atendimento.

A fiscalização do Procon Maceió realiza a operação periodicamente de acordo com a demanda de reclamações dos consumidores. Nesta semana serão visitadas agências bancárias em diversos pontos da capital, para verificação do cumprimento do tempo de espera para atendimento.

O diretor do órgão municipal, Leandro Almeida, explicou o que pode acontecer caso a lei não seja cumprida. “A agência que não estiver respeitando o tempo máximo será autuada e a multa é de R$ 5 mil conforme Lei Municipal 5516/2006. No caso de reincidência, o valor da multa aumenta e o atendimento bancário poderá ser suspenso”, disse ele.

A operação foi iniciada na parte alta da cidade, mas até a quinta-feira (08) vai passar em agências nos bairros do Centro, Ponta Verde, Pajuçara, Farol e Serraria.

Serviço

Para qualquer dúvida ou solicitação, a população pode entrar em contato com o Procon Maceió pelo telefone 0800 082 4567. A sede do órgão está localizada no prédio da Secretaria Municipal de Economia (Semec), na Rua Pedro Monteiro, nº 47, Centro.

O órgão também disponibiliza um núcleo de atendimento no prédio do Cesmac, na Rua Iris Alagoense, número 458, no Farol. O consumidor também pode fazer solicitações e denúncias pelo Whatsapp 98882 8326 ou por e-mail no [email protected]

por Secom - Maceió

Comentários comentar agora ❯