05 Junho 2019 - 21:35

Cerest leva projeto de práticas integrativas para servidores

Atuando com o direcionamento de resguardar a saúde e a qualidade de vida do trabalhador, o Centro Regional de Referência em Saúde do Trabalhador – Cerest Maceió realizou, esta semana, o primeiro encontro do projeto “Bem-Estar no Trabalho”. A iniciativa, realizada em parceria com a Residência Multiprofissional em Saúde da Família da Universidade de Ciências da Saúde de Alagoas (Uncisal) ocorrerá durante todo este mês.

O projeto tem como base a utilização das Práticas Integrativas e Complementares (PICs) do SUS no ambiente de trabalho. Nesse primeiro encontro, realizado junto aos profissionais da Diretoria de Vigilância em Saúde da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), sediados em Jaraguá, foi feito um momento de meditação, tendo como facilitadora a massoterapeuta Florice Pereira.

De acordo com a Coordenação do Cerest Maceió, a finalidade do projeto – que envolve boa parte das áreas técnicas do órgão – é proporcionar, no ambiente laboral, um espaço de convivência que possibilite a qualidade de vida no trabalho. E dessa forma, estimular o autocuidado, o cuidado com o outro, contribuindo para a prevenção dos agravos psíquicos relacionados ao trabalho, fortalecendo e melhorando as relações interprofissionais.

Os encontros do projeto “Bem-Estar no Trabalho” serão realizados uma vez por semana até o final de junho e terão como proposta para as próximas oportunidades a utilização de outras técnicas integrativas e complementares, a exemplo da Yoga do Riso e do Lian Gong, entre outras.

por Secom - Maceió

Comentários comentar agora ❯