04 Junho 2019 - 19:32

Horta leva sustentabilidade ao Cmei Leda Collor, em Maceió

A sustentabilidade passou a fazer parte do cotidiano das crianças do Centro Municipal de Educação Infantil (Cmei) Leda Collor, no Conjunto Osman Loureiro. A unidade da Rede de ensino público da capital ganhou, nesta terça-feira (04), uma horta agroecológica para a produção de alimentos saudáveis com a colaboração dos estudantes, professores e demais servidores. A estruturação foi realizada pela Superintendência Municipal de Desenvolvimento Sustentável (Sudes) entre as ações da Semana Maceió Mais Sustentável, evento idealizado pela pasta em alusão ao Dia Mundial do Meio Ambiente, celebrado em 05 de junho.

“Iniciamos o projeto de hortas para recuperar áreas degradadas pelo descarte irregular de resíduos, a exemplo dos trabalhos feitos no Benedito Bentes e no Conjunto Santa Maria. Agora, em uma nova etapa, expandimos o projeto para escolas municipais para que a temática da sustentabilidade seja trabalhada em sala de aula por meio da educação ambiental, sobretudo pela capacidade de absorção do conhecimento por parte das crianças. Antes da horta, orientamos os pais e professores durante palestras. Disponibilizamos também uma composteira para o reaproveitamento dos resíduos orgânicos e utilização como adubo”, explicou o titular da Sudes, Gustavo Acioli Torres.

De acordo com a diretora do Cmei Leda Collor, Doriane Santos, a temática da alimentação saudável já faz parte do cronograma pedagógico da unidade por meio de atividades em sala de aula. Agora, na prática, a gestora diz que a horta entregue pela Sudes vai reforçar o trabalho e ampliar a educação ambiental.

“A horta é muito importante, visto que muitos alunos não têm acesso a esse tipo de alimentação. Então, com esse trabalho que a gente está fazendo aqui, vamos conseguir introduzir na vida deles e de suas famílias. Tivemos uma palestra e foi conversado com os pais sobre a importância dessa alimentação para o desenvolvimento, tanto da criança quanto do adulto. Assim, possibilitamos a criação de defesas de acordo com a nossa alimentação saudável, mais dificuldade de ficar doente. Então, se a gente introduzir esse tipo de alimento, vai ser muito importante para o desenvolvimento de todo o ser humano”, destacou a diretora.

por Secom - Maceió

Comentários comentar agora ❯