26 Junho 2021 - 21:05

Felipe Neto dança 'Bolsonaro vai cair' após citação do presidente em CPI

Reprodução/Instagram
Felipe Neto comemora citação a Bolsonaro em CPI

Felipe Neto compartilhou com os fãs, na madrugada de hoje, um vídeo dançando empolgado a música "Bolsonaro vai cair" após o Presidente de República ter o nome citado na CPI Covid-19.

Crítico do governo de Jair Bolsonaro (sem partido), o youtuber publicou uma mensagem de 'boa noite' aos seus seguidores com seu vídeo dançado música que diz que o presidenciável irá deixar o comando do Brasil.

Ontem, ele postou mensagem implorando para que os jovens que ainda não são obrigados a votar pela lei, mas tem opção de exercer o direito de cidadão optem em tirar o título eleitor para livrar o país de uma reeleição de Bolsonaro.

"Se você vai fazer 16 anos (no) ano que vem, ou já fez, por favor, eu te peço do fundo do meu coração, tire o seu título de eleitor. O seu voto vai mudar o Brasil. Faça isso por tudo que passamos nesses anos. Por tudo que vivemos. Tire seu título."

Menção a Bolsonaro na CPI

Pressionado por senadores na CPI da Covid, o deputado federal Luis Miranda (DEM-DF) afirmou que o presidente Jair Bolsonaro citou o nome do líder do governo na Câmara, Ricardo Barros (PP-PR), por possível envolvimento em eventuais irregularidades no Ministério da Saúde ao ouvir a denúncia sobre pressão para a importação da vacina indiana Covaxin.

O vice-presidente da CPI, Randolfe Rodrigues (Rede-AP) declarou que há fortes indícios de que o presidente da república cometeu crime de prevaricação. Assim, a comissão avalia enviar notícia-crime ao STF (Supremo Tribunal Federal).

O UOL entrou em contato com a Presidência da República para posicionamento sobre a declaração de Miranda e questionando por qual motivo Bolsonaro não tirou Barros da liderança do governo na Câmara se desconfiava que estava envolvido em irregularidades, além de se o presidente levou a denúncia sobre a pressão perante a Covaxin à Polícia Federal. Se houver resposta, o texto será atualizado.

por TV e famosos UOL

Comentários comentar agora ❯