27 Setembro 2020 - 20:28

Com gol no fim, Goiás arranca empate com o Ceará pelo Brasileirão

Kely Pereira/AGIF
Na Arena Castelão, equipes fazem jogo com boas chances e empatam em 2 a 2

Mais uma partida da 12ª rodada do Brasileirão Assaí terminou com o placar empatado neste domingo (27). Na Arena Castelão, Ceará e Goiás fizeram um jogo com boas chances para os dois lados e saíram de campo com o placar igualado em 2 a 2. Rafael Moura colocou o Esmeraldino na frente, Charles e Vina viraram para o Vozão, e David Duarte deixou tudo igual aos 45 do segundo tempo.

Com o resultado, o Ceará aparece na 12ª posição da tabela da Série A, com 14 pontos. Já o Goiás, com nove, ocupa o 19º lugar.

O jogo

Na Arena Castelão, o Goiás saiu na frente logo no primeiro minuto de bola rolando. Vinícius cruzou, Breno cabeceou e viu Fernando Prass fazer boa defesa. Mas, no rebote, Rafael Moura não desperdiçou e marcou para a equipe visitante. Atrás no marcador, o Ceará passou a pressionar e criar boas chances. Aos sete, após falta cobrada por Vina, Rafael Sobis quase desviou para o gol. Depois, o atacante recebeu passe de Fernando Sobral e finalizou com perigo dentro da área, mas por cima do gol. A blitz alvinegra permaneceu até o final da primeira etapa, com Tadeu fazendo grandes defesas nos chutes de Felipe Baxola, Fernando Sobral e Vina.

O Vozão manteve o ritmo ofensivo na volta do intervalo e chegou ao empate aos sete minutos. Após ganhar na corrida com Caju, Charles aproveitou a indecisão entre o lateral e Tadeu, e chutou meio sem ângulo para deixar tudo igual em Fortaleza. Aos 23, Vina finalizou da meia-lua e viu a bola passar rente a trave do time goiano. Mas, quatro minutos depois, o meia acertou a pontaria. Após boa assistência de Bruno Pacheco, o camisa 29 ficou na cara do gol e tocou na saída de Tadeu para virar para o Vozão. Os minutos finais seguiram movimentados, com boas chances para os dois lados, até que o Esmeraldino empatou. Aos 45, Edílson cobrou falta de longe para a área, e David Duarte subiu mais alto para fechar o placar, de cabeça: 2 a 2.

por CBF

AquiAcontece.com.br © 2016 - Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do AquiAcontece.com.br.