21 Março 2010 - 19:11

ASA goleia o Ipanema em Palmeira dos Índios

O ASA voltou a vencer com folga no Estádio Juca Sampaio. Desta vez, a vitima do Alvinegro foi o Ipanema que acabou sendo derrotado por 4 a 0, neste domingo, pela 14ª rodada do Campeonato Alagoano. O resultado deixou o atual campeão Estadual com 27 pontos ocupando a terceira posição na competição.

Os gols do jogo foram marcados por Jota no início da partida e Clayton que estava em tarde inspirada e foi o principal nome da goleada marcando três vezes. Com a derrota o Ipanema permaneceu em 6º, na zona intermediária na classificação geral, com apenas 17 pontos.

Na próxima rodada, o ASA vai enfrentar o Santa Rita na próxima quarta-feira (24), às 15 horas, no Estádio Olival Elias de Moraes, em Boca da Mata. Já o Ipanema, terá o Coruripe como adversário, no Estádio Arnon de Melo, às 20h30, na próxima terça-feira (23), em Santana do Ipanema pela 15ª rodada do Alagoano.

O jogo

Motivado pelo empate contra o Vasco-RJ pela Copa do Brasil no meio de semana, o ASA veio a campo disposto a acabar com a boa sequência do Ipanema na competição. Desfalcado de dois titulares (Índio e Júnior Viçosa – suspensos), o técnico Vica modificou o esquema tático da equipe que entrou no 4-4-2 com Danilo Santos e Jorginho no ataque. O lateral esquerdo Cléber contratado no início da semana, fez sua estreia com a camisa do Alvinegro.

O Ipanema também entrou em campo desfalcado, já que Glauber estava suspenso pelo terceiro cartão amarelo. O técnico Coca não tinha muitas opções no elenco e improvisou o meia-atacante Pinga no lado esquerdo para iniciar o jogo.

A partida começou com o ASA colocando um ritmo muito forte, querendo abrir o placar e logo no primeiro lance, o Alvinegro conseguiu alcançar as suas pretensões. Após um escanteio, o goleiro Gleidson fez o corte, mas no rebote o volante Jota apareceu com muito oportunismo para abrir o placar aos 4 minutos: 1x0.

Depois de abrir o placar, o ASA não recuou e permaneceu no ataque. O Alvinegro marcava sob pressão, e conseguia chegar com muito perigo pelo lado direito do campo. O time arapiraquense chegou novamente com perigo aos 15 minutos com Edson Veneno subindo mais alto que a defesa do canarinho do sertão, mas a bola acabou passando por cima do travessão.

O esquema 4-4-2 parecia não incomodar o Alvinegro, que seguia mostrando uma enorme superioridade em campo. A situação do Ipanema piorou no jogo aos 24 minutos, quando Danilo fez uma grande jogada driblou o goleiro do Ipanema e quase sem ângulo conseguiu fazer o cruzamento para Clayton livre só completar para o gol: 2x0.

A superioridade do ASA era evidente, tanto que, o goleiro Paulo César não tinha feito uma defesa sequer, até a metade da primeira etapa. A grande chance do Ipanema no primeiro tempo aconteceu aos 37 minutos. O meia Chiquinho recebeu uma belo passe e chutou com categoria no canto, mas Paulo César defendeu parcialmente, no rebote, o atacante Franco livre de marcação perdeu um gol incrível.

No intervalo do jogo, a torcida organizada do ASA entrou em confronto com os policiais. Cenas lamentáveis nas arquibancadas do Estádio Juca Sampaio. A polícia teve que contornar a situação utilizando a força, vários torcedores foram encaminhados para a delegacia.

Ainda no intervalo, o técnico Coca promoveu a primeira mudança no time do Ipanema. Pinga que estava improvisado deu lugar para Rafael no canarinho do sertão.

O segundo tempo começou e mesmo com a mudança no time do Ipanema, o panorama do jogo permaneceu igual ao primeiro tempo. O ASA continuou insistindo, pressionando o adversário que não tinha outra alternativa a não ser utilizar os recursos da defesa para evitar que o placar fosse ampliado.

A equipe do Ipanema continuou suportando a pressão do Alvinegro, que queria marcar o terceiro gol na partida. A situação do canarinho do sertão piorou quando o zagueiro Paulo Ricardo cometeu uma falta duríssima no atacante Jorginho. O árbitro Flávio Feijó de Omena não teve dúvidas mostrando um cartão vermelho direto para o jogador do Ipanema, que passou a jogar com dez atletas.

Imediatamente o técnico Vica colocou em campo, o meia Rodriguinho na expectativa de colocar o time para atuar de forma mais ofensiva. O atleta entrou no lugar de Cléber que teve uma estreia muito discreta. A partir daí, o ritmo do jogo mudou. O ASA passou a cadenciar o jogo, diminuindo o ritmo que havia colocado no início do segundo tempo e na primeira etapa, com isso, ficou evidente que o objetivo do ASA no jogo era valorizar o resultado e administrar a vitória.

Aproveitando a fragilidade do adversário, o ASA não encontrou dificuldades para marcar o terceiro gol na partida. Desta vez, o meia Cleyton recebeu um passe de Jorginho e na falha da defesa do Ipanema, o jogador do Alvinegro acertou um chute muito violento sem chances para Gleidson aos 29 minutos: 3x0.

Entregue na partida, o Ipanema parecia que estava torcendo pelo final do jogo, mas o ASA encontrava muito espaço e partiu em busca do quarto gol na partida. O jogador Clayton estava numa tarde inspirada e conseguiu ampliar a vantagem, concluindo com muito oportunismo, sem chances para Gleidson: 4x0.

A situação do Ipanema ficou pior quando o lateral Zé Carlos saiu de campo lesionado. O técnico Coca já tinha realizado as três substituições na partida, com isso, o canarinho do sertão passou a jogar com nove jogadores. No último lance, novamente Clayton teve a oportunidade, mas Rafael salvou o Ipanema cortando parcialmente e na sequência Miranda afastou o perigo evitando um vexame ainda maior.


FICHA TÉCNICA

ASA 4x0 IPANEMA

Campeonato Alagoano – 14ª Rodada
Estádio: Juca Sampaio, Palmeira dos Índios (AL)
Data/hora: 21/03/2010 – 16 horas (de Brasília)

Árbitro: Flávio Feijó de Omena
Auxiliares: José Jaime Rocha Bispo e Thalis Augusto Monteiro

Cartões amarelos: Chiquinho (IPA) 18’; Cléber (ASA) 20’; Márcio Pereira (IPA) 22’ – 1º Tempo; Índio (IPA) 2’; Danilo Santos (ASA) 39’ – 2º Tempo

Cartão Vermelho: Paulo Ricardo (IPA) 13’- 2º Tempo

Gols: Jota (ASA) 4´; Clayton (ASA) 24´- 1º Tempo; 29´e 38’ - 2º Tempo

ASA: Paulo César; Celso, Plínio, Edson Veneno (Sílvio 23’/2ºT) e Cléber (Rodriguinho 16’/2ºT); Cal, Jota (Lê 31’/2ºT), Didira e Clayton; Danilo Santos e Jorginho

Técnico: José Luiz Mauro (Vica)

IPANEMA: Glaibson; Zé Carlos, Paulo Ricardo, Márcio Pereira e Pinga (Rafael – intervalo); Índio (Luciano 28’/2ºT), Cícero, Lau (Miranda 20’/2º T) e Chiquinho; Franco e Joaldo

Técnico: Márcio Mário Cunha (Coca)

por Wyderlan Araújo / futebolalagoano.com

Comentários comentar agora ❯