20 Outubro 2019 - 22:19

Brasil vence os Estados Unidos em último teste antes do mundial Sub-17

Thais Magalhães/CBF
Próximo compromisso da Canarinho será pelo Mundial da categoria

A Seleção Brasileira Sub-17 entrou em campo para o último jogo preparatório antes do Mundial da categoria. Na Granja Comary, em Teresópolis (RJ), a equipe comandada pelo técnico Guilherme Dalla Déa mostrou poder de reação e venceu os Estados Unidos de virada por 4 a 1. Saldaña (contra), Gabriel Veron, Kaio Jorge e Diego Rosa marcaram os gols do triunfo brasileiro.

A Canarinho estreia no Mundial no dia 26, diante do Canadá, no Estádio Bezerrão, em Brasília. No Grupo A da competição, o Brasil vai enfrentar, além dos canadenses, Nova Zelândia e Angola.

O jogo

Brasil e Estados Unidos protagonizaram um primeiro tempo bastante equilibrado. Aos sete minutos de jogo, Ricardo Pepi abriu o placar para os americanos. Mas os adversários mal conseguiram aproveitar a vantagem. Logo na sequência, a Canarinho subiu as linhas de marcação, Talles Costa pressionou na saída de bola estadunidense e Saldaña na tentativa de recuar para o goleiro mandou para o fundo das redes, aos nove: 1 a 1. Com a igualdade no marcador, o duelo seguiu lá e cá, com muita movimentação dos dois lados. Minutos antes do intervalo, a Seleção Brasileira montou uma blitz no ataque. A primeira chance saiu pelos pés de João Peglow, que soltou uma bomba, mas esbarrou na marcação americana. Já aos 38, Luan Patrick recebeu cruzamento e testou firme para boa defesa de Damian Las. Na marca dos 44, foi a vez de Talles Magno aparecer para o Brasil. O camisa 11 bateu colocado da entrada da área e de novo Las evitou a virada brasileira.

Assim como no fim do primeiro tempo, a etapa complementar começou com a Canarinho pressionando no ataque. E já no primeiro lance, Talles Magno deu belo passe para Peglow, que cruzou rasteiro, mas Kaio Jorge não chegou a tempo de fazer o desvio. Tomando conta das ações ofensivas, o Brasil virou o jogo e ampliou a contagem num intervalo de três minutos. Aos seis, Gabriel Veron recebeu ótimo lançamento de Henri, invadiu área, limpou a marcação e chutou rasteiro sem dar chances para o goleiro: 2 a 1. O terceiro da Seleção Brasileira veio aos nove minutos, Patryck cruzou na medida e Kaio Jorge cabeceou bonito para fazer 3 a 1. Com boa vantagem, a equipe comandada por Guilherme Dalla Déa passou a controlar mais o jogo. Até que aos 31, Diego Rosa, em seu primeiro toque na bola, mandou um foguete que foi morrer no fundo da meta americana: 4 a 1. Confortável na partida, o Brasil administrou o resultado até o apito final.

BRASIL: Matheus Donelli; Yan (Gustavo Garcia), Henri, Luan Patrick e Patryck (Renan); Daniel Cabral (Pedro Lucas) e Talles Costa (Diego Rosa); João Peglow (Sandry), Talles Magno, Kaio Jorge (Lázaro) e Gabriel Veron (Matheus Araújo). Técnico: Guilherme Dalla Déa  

por CBF

Comentários comentar agora ❯