20 Setembro 2020 - 20:30

Botafogo e Santos empatam sem gols pela 11ª rodada do Brasileirão

Thiago Ribeiro/AGIF
Neste domingo, o Nilton Santos foi palco do confronto entre Botafogo e Santos

Neste domingo (20), o Nilton Santos foi palco do confronto entre Botafogo e Santos, em jogo válido pela 11ª rodada do Brasileirão Assaí. Criando as melhores chances da partida, o Peixe viu Gatito Fernández fazer boas defesas para o time da casa, o que manteve o 0 a 0 no marcador até o apito final.

Com o empate, o Santos segue na sétima posição da tabela da Série A, mas agora com 16 pontos. E o Glorioso, com dez, permanece no 18º lugar.

O jogo

Visitante na partida, o Santos teve maior domínio das ações diante do Botafogo na etapa inicial no Rio de Janeiro. No entanto, a equipe mandante foi quem chegou com perigo primeiro, quando Jean Mota recuou mal, e Kalou quase aproveitou para abrir o placar. No lance seguinte, o Peixe respondeu com Arthur Gomes, que invadiu a área e finalizou rasteiro para boa defesa de Gatito Fernández. Explorando bem o lado esquerdo, o atacante ainda teve ótima chance aos 16 minutos, quando soltou uma bomba e obrigou o goleiro adversário mandar para escanteio. Carlos Sánchez, em cobrança de falta, também viu Gatito fazer boa defesa. Segurando a pressão dos visitantes, o Glorioso até equilibrou as ações na metade do período, mas sem criar chances claras de gol.

O ritmo não mudou muito na volta do intervalo. O Botafogo assustou no primeiro lance, com Marcelo Benevenuto quase marcando de cabeça. Mas, depois, foi o Santos quem criou as melhores chances. Aos 11 minutos, Luan Peres bateu colocado da entrada da área, viu a bola ser desviada e quase entrar. Logo na sequência, Carlos Sánchez finalizou com força de fora da área e obrigou Gatito a fazer outra boa defesa na partida. A pressão do Peixe seguiu e, aos 29, Sánchez cruzou na medida para Kaio Jorge, que cabeceou com perigo e quase inaugurou o marcador. Aos 35, outra boa chance: Felipe Jonatan fez boa jogada pela esquerda e tocou para Kaio Jorge, que girou e finalizou por cima do gol. O time santista seguiu buscando o gol até o apito final, mas a bola insistiu em não ir para o fundo das redes no Nilton Santos.

por CBF

Comentários comentar agora ❯