20 Março 2010 - 18:12

União e CRB ficam no empate na zona da mata

Ivan Nunes
União e CRB fizeram jogo movimentado

Numa tarde de céu nublado, ameaça de chuva, muitos trovões e até alguns raios na cidade de União dos Palmares, CRB e União não passaram de um empate, por 2x2, neste sábado, no Estádio Orlando Gomes de Barros, em partida válida pela abertura da 14ª rodada do Campeonato Alagoano. Todos os gols foram assinalados no 2º tempo do jogo, um deles com direito a um frangaço do goleiro Cris, do Galo da Pajuçara.

Enquanto o CRB entrou em campo tentando a vitória para chegar à liderança da competição, o União brigava para sair da zona da degola. Com o resultado, o Galo chega aos 24 pontos e continua na 4ª colocação na tabela. E o União passa a somar 12 pontos, subindo para a 8ª colocação.

No 1º tempo, o CRB começou indo para cima do União, exercendo certa pressão. E somente aos 6’ que o time de União dos Palmares chegou ao seu campo de ataque. Aos 10’, surgiu o primeiro lance de perigo do União. Em jogada de contra-ataque, Neto Bala foi lançado em profundidade, mas quando foi finalizar, chutou mal e a bola foi por cima.

A partir daí, era o União que se posicionava melhor em campo e o CRB passou a ser pressionado. Aos 13’, novo momento de perigo do União, com Diogo Capela, que chutou forte, mas a bola foi para fora. Em seguida, novamente bom momento do time da casa. Em jogada de velocidade, Luiz Carlos lançou para Neto Bala, que mandou para Sandro Capixaba , mas ele não teve tranqüilidade para finalizar e Rafinha acabou livrando o perigo para o Galo.

A essa altura o jogo já estava ficando chato, sem grandes emoções e muitos passes errados por parte dos dois times. Aos 24’, o CRB tem a sua boa chance. Rafinha cruzou na área para ao artilheiro Wellington cabecear, mas o goleiro Batista, atento, se antecipou e praticamente tirou a bola da cabeça de Wellington.

Aos 29’ é a vez de o União ter uma boa oportunidade, através de uma cobrança de falta. Jânio cobrou, o goleiro Cris ainda pulou para fazer a defesa, mas a bola foi pelo canto direito do travessão, direto pela linha de fundo. O CRB teve um bom momento aos 33’, em jogada pelo setor direito, com o estreante Caimmy, que lançou para Rodrigo Batata, mas ele escorregou no momento que iria penetrar na área do União e a defesa do adversário acabou saindo jogando.

Aos 37’, em jogada no meio-campo, o zagueiro Ítalo, do CRB, saiu de campo sangrando, recebeu atendimento médico e foi substituído, com suspeita de fratura no rosto, após se chocar com um jogador do União. O resultado do 1º tempo acabou sendo mais do que justo, uma vez que as duas equipes fizeram muito pouco: 0x0.

Na segunda etapa, o CRB começou infernizando a vida do União. E logo no primeiro minuto tem uma excelente chance com Wellington, com o goleiro Batista já batido, mas a defesa do União livrou o que seria o primeiro gol do CRB. Mas se o gol do Galo não veio nesse momento, surgiu aos 4 minutos. Após cobrança de escanteio pela esquerda, o zagueiro Ítalo Rogério cometeu pênalti em cima de Alexandre Luz. O atacante Wellington cobrou, com categoria, e o goleiro Batista nem viu a bola passar: 1x0.

O gol do CRB serviu para abrir os olhos do União. E aos 5’, em cobrança de falta de Jânio, o time quase deixa tudo igual no placar, mas o goleiro Cris, bem colocado, efetuou boa defesa. Mas quem tem um bom cobrador de faltas como Jânio não desanima, nem desiste. E eis que aos 8’, ele cobra nova falta, o goleiro Cris cometeu uma falha incrível e acabou tomando um frangaço. Era o gol de empate do União: 1x1.

O CRB sentiu o gol de empate e o goleiro Cris mais ainda, depois da falha gritante que cometeu. E neste momento o União era melhor em campo e passava a mandar no jogo. Mas aos 14 minutos, em subida de ataque do CRB, quando Johnnattan ia receber o passe, o zagueiro Crislan tocou a bola para escanteio.

O Galo passou a ficar esperto no jogo, novamente, esquecendo o frango tomado pelo goleiro Cris. E aos 22 minutos virou o placar, fazendo o segundo gol. Eder partiu para o ataque, recebeu a bola de Edmar e, com categoria, chutou para o fundo da rede, fazendo um golaço, sem chances para o goleiro Batista: 2x1.

O União teve a chance de empatar novamente, aos 23 minutos. Jânio chutou a bola para a área, mas o zagueiro Crislan errou no momento em que foi finalizar a jogada. Aos 37’, o União mostrou que não estava morto. O time de Gilton Silva chegou ao empate de novo, com Luciano Rosa, que entrou no 2º tempo. Experiente, ele matou a bola no peito, dominou e mandou para o fundo do gol, com categoria. Tudo igual: 2x2.

Aos 43 minutos, com Luciano Rosa fazendo a diferença em campo, o CRB leva sufoco, novamente, com o próprio Luciano Rosa, que meteu a bola na trave e quase fez o terceiro gol do time da casa. Aos 46’, após lançamento de Jânio, Luiz Carlos chegou com perigo e meteu a cabeça na bola, mas ela foi muito alto, pela linha de fundo. O CRB respondeu aos 47 minutos, com Rodrigo Batata, mas ela vai para escanteio. Os jogadores do CRB reclamaram que o jogador do União teria metido a mão na bola e pediram pênalti, mas o árbitro Silvio Acioli não marcou. Esse foi o último lance do jogo. Final: 2x2.

FICHA TÉCNICA:

União x CRB – 20/03/2010 – Estádio Orlando Gomes de Barros, 15 horas, União dos Palmares.

Gols: CRB – Wellington – pênalti (4’) e Eder (22’) – 2º tempo; União – Jânio (8’) e Luciano Rosa (37’) – 2º tempo

Cartões amarelos: Dimas, Sandro Capixaba, Ítalo Rogério (União); Agnaldo, Rodrigo Batata, Caimmy (CRB)

Árbitro: Silvio Acioli
Assistentes: Carlos Jorge Titara e Pedro Jorge Santos
4º árbitro: José Cícero da Silva

Equipes:

União – Batista; Hermane, Crislan, Ítalo Rogério e Dimas; Edmilson (Luciano Rosa), Sandro Capixaba (Rômulo), Jânio e Diogo Capela; Luiz Carlos e Neto Bala (Zé Luiz). Técnico: Gilton Silva

CRB – Cris; Caimmy, Alexandre Luz, Ítalo (Janiel) e Rafinha; Éder (Emerson), Johnnattan, Agnaldo e Rodrigo Batata; Edmar (Calmon) e Wellington. Técnico: Amauri Knevitz

por futabolalagoano.com

AquiAcontece.com.br © 2016 - Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do AquiAcontece.com.br.