18 Abril 2019 - 08:19

Com belo gol de Jean Mota, Santos domina o Vasco e vence jogo de ida na Vila Belmiro

Divulgação

O placar de 2 a 0 a favor do Santos mostrou bem como foi a vitória do time da casa em cima do Vasco neste jogo de ida pela quarta fase da Copa do Brasil. O time de Jorge Sampaoli pressionou a marcação no campo de ataque e quase sempre encurralava os cariocas. Apesar disso, os gols vieram somente no segundo tempo, com Rodrygo e Jean Mota, em belo chute colocado.

Agora, o Santos pode perder a partida de volta por até um gol de diferença que se classifica para as oitavas de final da competição. Em caso de vitória vascaína por dois gols de diferença, vamos aos pênaltis. Lembrando que o gol fora de casa não é critério de desempate.

Primeiro tempo
Os 45 primeiros minutos do duelo pareceram um pouco mais equilibrados do que o restante da partida. Em alguns momentos o Vasco conseguia se desvencilhar da pressão armada pelo time do Sampaoli e chegava no contra-ataque. A melhor chance da etapa foi numa cobrança ensaiada de escanteio do Vasco em que Ricardo perdeu a chance de marcar.

Segundo tempo
Com o Vasco aparentemente mais cansado, o Santos começou a se sobressair mais. Os gols do time mandante saíram depois de belo cruzamento de Soteldo para Rodrygo. Enquanto o segundo, o próprio camisa 11 serviu Jean Mota, que deu bonita finta no marcador e bateu colocado, no cantinho de Gabriel Félix.

E agora?
Antes do jogo de volta da quarta fase da Copa do Brasil, o Vasco tem decisão no Campeonato Carioca: enfrenta o Flamengo no Maracanã, domingo, às 16h, após perder a primeira partida por 2 a 0. Voltará a enfrentar o Santos na próxima quarta-feira, às 19h15, em São Januário, que não tem nenhum jogo no fim de semana.

Público e renda
Público: 8.659

Renda: R$ 388.682,50

Werley, sobre a vantagem que o Santos construiu para o jogo de volta:
- Considerável. Hoje, a gente teve uma postura diferente (do que no jogo contra o Flamengo). Primeiro tempo equilibrado, no meu ponto de vista foi um jogo equilibrado. São erros que dificultam bastante, temos que melhorar, as dificuldades estão aumentando e a gente não está conseguindo corresponder.

Jean Mota sobre voltar a marcar depois de quase um mês:
- É bom demais voltar a marcar. Como eu sempre falo, minha intenção é ajudar a equipe, seja com gol ou assistência. No jogo passado pude dar duas assistências. Lá vai ser um jogo muito difícil, mas conseguimos uma boa vantagem.

- Agora é concentração e não deixar cair o ritmo. A gente sabe que eles têm uma final bem desgastante, mas não podemos achar que está tudo resolvido. A gente tem que entrar lá com o mesmo espírito daqui e tentar o gol para buscar a vitória.

por Globo Esporte

Comentários comentar agora ❯