16 Outubro 2009 - 20:02

Estádios precisam ser melhorados dizem FAF e MP

Assessoria-FAF
Mais uma reunião aconteceu

Em reunião realizada na manhã desta sexta-feira (16) no Ministério Público Estadual (MPE) o presidente da Federação Alagoana de Futebol (FAF) Gustavo Feijó, voltou a falar de sua preocupação com a situação dos estádios de futebol no Estado de Alagoas. Em seu relato aos participantes do encontro, Feijó foi taxativo ao afirmar o seu posicionamento quanto ao prazo dado aos clubes, “Não vamos prorrogar prazo, nem muito menos empurrar com a ‘barriga’ os problemas existentes. Os Gestores e responsáveis pelos estádios, precisam urgentemente agilizar a solicitação do Projeto de Segurança Contra Incêndio e Pânico ao Corpo de Bombeiros”.

Segundo o Diretor do (DST) Cel. Nilson Albuquerque do CBM, os estádios Gerson Amaral em Coruripe, Zequinha Barbosa em Igaci, Manoel Moreira na cidade de Capela, Arnon de Mello em Santana e José Gomes da Costa em Murici, já tinham apresentado o Projeto de Segurança Contra Incêndio e Pânico ao Corpo de Bombeiros, mesmo assim, precisam de nova vistoria para o próximo ano, “Mesmo com o Projeto de Segurança Contra e Incêndio e Pânico, esses estádios não estão liberados paro a próximo ano, existe a necessidade de uma nova vistoria e precisamos fazer isso com urgência” afirmou o Diretor do DST.

Depois da Reunião realizada no dia 16 no MP, apenas três clubes apresentaram o Projeto, União, Corinthians e CRB, e que segundo O Cel. Nilson Albuquerque os projetos foram aprovados.

Estiveram presentes à reunião, os Promotores Max Martins e Denise Guimarães, da Promotoria Coletiva de Defesa do Consumidor, o Diretor de Serviços Técnicos (DST) do Corpo de Bombeiros Militar (CBM) Cel. Nilson de Albuquerque, o Comandante do Batalhão de Eventos, Cel. Gerônimo Carlos, o assessor técnico do Conselho Regional de Engenharia e Arquitetura (CREA) engenheiro Jackson Cabral de Santana e a Assessora Jurídica da Vigilância Sanitária Estadual, Lindinalva Helena Barbosa.

por Assessoria-FAF

Comentários comentar agora ❯