16 Maio 2010 - 06:11

Fluminense e Muricy conseguem suada vitória ante o Atlético-GO

AE
Conca e Fluminense tiveram muito trabalho pra vencerem

Foi difícil de acontecer, quase que à fórceps, mas ela veio. Jogando no Maracanã, diante do time misto do Atlético-GO, o Fluminense teve que suar muito para conquistar as primeiros três pontos no Brasileirão e também a primeira vitória sob o comando de Muricy Ramalho. O magro placar de 1 x 0 a seu favor, mostra o quanto teve de dificuldades o time pó de arroz carioca.

A equipe goiana, mesmo priorizando o jogo da Copa do Brasil, diante do Vitória, na próxima quarta-feira, deu trabalho ao Fluminense, que se apresentou desorganizado na maior parte do tempo. Muricy Ramalho, irritado, reclamou do time muitas vezes. Ele já entrou no Maracanã sob pressão, pois vinha de três derrotas seguidas.

Diante de um adversário sem tradição, estreante n série A e ainda desfalcado, o Fluminense - assim mandava a lógica - tinha a obrigação de vencer, até com alguma folga. No primeiro tempo, porém, o jogo foi equilibrado e a melhor oportunidade de gol coube ao Atlético-GO, num chute de Elias, após boa tabela no ataque, que obrigou o goleiro Rafael e fazer ótima defesa.

O Fluminense voltou para a segunda etapa correndo mais e, por conta dessa nova postura, envolvendo os atleticanos. Dessa maneira, chegou ao gol da vitória, aos 24 minutos. Marquinho recebeu grande passe de Mariano e, de frente para o goleiro Edson Bastos, finalizou cruzado, no canto esquerdo do goleiro, garantindo assim, o triunfo dos cariocas.

A partir da vantagem, os donos da casa se animaram e, por pouco, não fizeram mais gols. No entanto, bobeou algumas vezes na marcação e permitiu contra-ataques perigosos do Atlético-GO. Num deles, o goleiro Rafael fez boa defesa e evitou o empate. Placar final dafraca partida do Maracanã: Fluminense 1 x 0 Atlético-GO.

Ficha Técnica

Fluminense 1 x 0 Atlético-GO

Fluminense - Rafael; Mariano, Digão, Leandro Euzébio e Julio Cesar (Everton); Diogo, Diguinho, Marquinho e Conca; Rodriguinho (Wellington Silva) e André Lima. Técnico: Muricy Ramalho.

Atlético-GO - Edson; Ayrton, Welton Felipe, Jairo e Chiquinho; Erandir (Agenor), Robston, Pituca e Elias (Anailson); Marcão e Rodrigo Tiuí (Keninha). Técnico: Geninho.

Gol - Marquinho, aos 24 minutos do segundo tempo.

Cartão amarelo - Leandro Euzébio (Fluminense).

Cartão vermelho - Welton Felipe (Atlético-GO).

Árbitro - Carlos Eugenio Simon (RS).

Renda - R$ 141.495,00.

Público - 6.318 pagantes.

Local - Estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ).

por Robson Lessa

Comentários comentar agora ❯