12 Junho 2010 - 13:15

Zagueiro marca e ofensiva Argentina vence apenas por 1 x 0

Enrique Marcarian
Heinze marca o único gol da Argentina

Apresentando um refinado toque de bola, principalmente no primeiro tempo, a Argentina, de Diego Maradona começou a encantar Johanesburgo e venceu uma perigosa Nigéria por 1 a 0 neste sábado, 12, no Ellis Park.

Apesar de atuar com um time bastante ofensivo, contando com Messi, Tevez e Higuaín, quem marcou o primeiro gol portenho em solo africano foi justamente um zagueiro. Lionel Messi já tinha entortado os zagueiros e Higuaín perdido das suas. Até que em cobrança de escanteio, Heinze entrou sozinho na área e cabeceou livre para marcar. Os nigerianos reclamaram de um agarrão de Samuel, que teria impedido o defensor de chegar na marcação. 1 x 0.

O jogo prosseguiu e os "Hermanos" tiveram  diversas chances de ampliar o placar. E de novo com o Melhor Jogador do Mundo. Por duas vezes, Lionel Messi usou e abusou da sua chegada mais marcante. Numa delas, driblou os zagueiros com facilidade e buscou o ângulo do goleiro. Não teve sucesso por méritos do ótimo goleiro Enyeama, que espalmou com as pontas dos dedos para escanteio.

Quando a seleção africana conseguiu acalmar os ânimos, até levou algum perigo. Obasi e Yakubu exploraram a maior deficiência dos argentinos: as laterais do campo. Por ali, tiveram sucesso, mas faltou o último toque para o gol, pois poucas vezes o goleiro argentino foi xigido na partida.

Na segunda etapa, a seleção sul-americana pareceu ter tirado o pé. Deixou de atacar com o empenho do primeiro tempo e abriu espaços para os africanos. Em contra-ataque rápido Taiwo chutou mais o chão do que a bola, ainda assim, mandou rente à trave. No lance seguinte, Uche perdeu na pequena área.

Ainda que sem poder deixar o banco de reservas, Maradona livrou seu time do sufoco final. Colocou Maxi Rodriguez e Burdisso para equilibrar o setor defensivo e esperou o fim do jogo.

FICHA TÈCNICA

Argentina 1 x 0 Nigéria

ARGENTINA: Romero; Demichelis, Samuel, Heinze, Jonas Gutierrez ; Mascherano, Verón (Maxi Rodriguez), Di Maria (Burdisso), Messi; Higuaín (Milito) e Tevez
Técnico: Diego Maradona

NIGÉRIA: Enyeama; Odiah, Yobo, Shittu, Taiwo (Uche); Etuhu, Kaita, Haruna , Obasi (Odemwingie); Obinna (Obafemi Martins) e Yakubu
Técnico: Lars Lagerback

Gols: Heinze, aos 6 minutos do 1.º Tempo.
Estádio: Ellis Park, em Johanesburgo

por Robson Lessa com informações estadão.com

Comentários comentar agora ❯