08 Setembro 2019 - 16:48

Grêmio bate o Cruzeiro fora de casa pela 18ª rodada do Brasileirão

Fernando Moreno/AGIF
Tricolor se impôs fora de casa e goleou a Raposa por 4 a 1

Brilho tricolor em Belo Horizonte! Pela 18ª rodada do Brasileirão, o Grêmio visitou o Cruzeiro, no Independência, e saiu de campo com uma importante vitória por 4 a 1. Diego Tardelli, Alisson e Everton (x2) marcaram os gols do Imortal neste domingo (8), enquanto Fred descontou para a Raposa.

Com o triunfo, o Grêmio pulou momentaneamente para a décima posição, com 25 pontos. Já a equipe mineira segue na 16ª colocação, com 18 pontos. 

O jogo

Cruzeiro e Grêmio começaram a partida em ritmo acelerado. Querendo a vitória para se afastar do Z-4, a Raposa criou a primeira chance logo aos sete minutos. David apareceu pela esquerda, colocou a bola na área e Fred chegou para cabecear exigindo boa defesa de Paulo Victor. A resposta gremista demorou, mas veio de forma certeira. Aos 18, Galhardo fez o cruzamento rasteiro para Diego Tardelli, que de letra mandou para o fundo das redes. O gol animou o Tricolor que foi para cima e, aos 27, ampliou a vantagem. Alisson aproveitou erro de passe no meio campo e achou Everton na entrada da área, o atacante devolveu para o camisa 23 cumprir a Lei do Ex no Independência: 2 a 0. Correndo atrás do prejuízo, o Cruzeiro se lançou ao ataque. Na marca dos 32, Pedro Rocha soltou uma bomba e viu Paulo Victor salvar o Grêmio. No minuto seguinte, Henrique sofreu falta dentro da área, o juiz apontou para a marca da cal e, na cobrança da penalidade, Fred diminuiu para os donos da casa: 2 a 1.

Na volta do intervalo, o ritmo de jogo diminuiu. Até que, aos 18, o Grêmio se lançou num contra-ataque fatal. David Braz fez a roubada de bola e tocou para Matheus Henrique. O volante saiu em velocidade e achou Everton pela esquerda. O camisa 11 limpou a marcação e bateu bonito sem dar chances para Fábio. A equipe celeste tentou responder em chute de Ezequiel, mas de novo Paulo Victor evitou o gol cruzeirense. Mais uma vez foram os visitantes que voltaram a marcar. Everton recebeu de Jean Pyerre e em outra bela jogada ampliou a contagem, aos 31: 4 a 1. Querendo mais, o Tricolor continuou em cima. Aos 35, Pepê arriscou o chute da entrada da área e Fábio se esticou todo para impedir o quinto gol gremista.  

por CBF

Comentários comentar agora ❯