07 Março 2010 - 02:22

Canarinho não respeita o Galo e vence por 1 x 0

futebolalagoano.com
CRB perde a 3ª consecutiva

Em jogo com poucas emoções, o CRB conheceu a terceira derrota consecutiva no Campeonato Alagoano. Sob o forte calor, o Galo acabou perdendo para o Ipanema, por 1 a 0, neste sábado, no Estádio Arnon de Melo, em Santana do Ipanema, pela 12 ª rodada.

A derrota deixou o Galo alvirrubro numa situação delicada no Estadual. O time continua momentaneamente na terceira posição na classificação geral com 20 pontos, mas poderá perder a quarta colocação para o Coruripe, que vai enfrentar o Murici, neste domingo, às 16 horas, no Estádio Gerson Amaral, em Coruripe.

O gol da vitória foi marcado pelo atacante Joaldo aos 30 minutos da etapa final, aproveitando um vacilo do zagueiro Rogério Correia e a saída precipitada do goleiro Fillipi. Com a vitória, o Ipanema chegou aos 14 pontos pulando momentaneamente para a sexta posição na classificação geral.

Na décima terceira rodada, o CRB vai tentar a reabilitação contra o Santa Rita, no próximo domingo (14), às 15 horas, no Estádio Severiano Gomes Filho, em Maceió. Já o Ipanema, vai enfrentar o Murici, líder do Estadual, também no domingo (14), às 15 horas, no Estádio José Gomes da Costa, em Murici.

O Jogo

Derrotado nas duas últimas rodadas, o CRB iniciou a partida marcando forte, procurando manter o adversário em seu campo de defesa. Desfalcado do zagueiro Alexandre Luz, o Galo foi definido pelo técnico Paulo Roberto Ghilardi no esquema 4-4-2, saindo do tradicional 3-5-2, com um meio-campo bastante ofensivo tendo Jhonnattan, Rodrigo Batata e Hílton Mineiro, restando apenas Foiane com características de marcação.

O jogo começou truncado, com muitas faltas. A bola não conseguia ficar no chão e o Ipanema conseguia levar vantagem nos lançamentos para o ataque. O CRB tentava penetrar pelo meio, mas encontrava dificuldades para realizar a troca de passes.

A primeira chance do jogo foi do Ipanema. O atacante Chiquinho recebeu um lançamento do volante Lau. O atleta do Canarinho do Sertão ficou de frente com Fillipi, mas demorou para concluir, dando oportunidade para o lateral Rafinha fazer o corte.

O CRB conseguiu equilibrar o jogo trocando passes no meio-campo. Jogadores habilidosos como Rodrigo Batata e Edmar demoraram a entrar no ritmo da partida e os lances de perigo do time alvirrubro aconteciam em chutes de longa distância.

Acostumado com as condições do estádio, o Ipanema quase abriu o placar aos 13 minutos. O meia Cal arriscou um chute venenoso de fora da área, o goleiro Fillipi fez o golpe de vista, mas a bola acabou acertando a trave.

O CRB encontrava dificuldades para chegar ao gol do Ipanema. Quando apareciam as chances, os jogadores de defesa encontravam espaços para concluir. Foi assim com o zagueiro Rogério Correia, que teve duas oportunidades para abrir o placar, aproveitando os cruzamentos na área do adversário, e nos dois lances a bola acabou passando por cima do travessão.

A partida estava equilibrada, os lances perigo aconteciam em bolas alçadas à área. O Ipanema, mesmo sem conseguir colocar a bola no chão, conseguia cruzar e arriscar os chutes de fora da área. Já o CRB, continuava insistindo na troca de passes, mas as condições do gramado prejudicavam no complemento das jogadas. Com isso, as jogadas do Galo no primeiro tempo saíram nos lances de bola parada, mas a defesa do Canarinho do Sertão estava bem posicionada.

Tentando colocar a bola no chão, o CRB quase foi prejudicado com a forte marcação do Ipanema. Após um cruzamento da esquerda, o atacante Nanô que tinha acabado de entrar, chegou desequilibrado e não conseguiu chutar com precisão.

No final do primeiro tempo, o CRB teve uma boa oportunidade com Jhonnattan que fez uma jogada individual e arriscou o chute, a bola passou perto da trave de Gleibson, que ainda caiu para tentar a defesa, mas o resultado da primeira etapa foi mesmo o empate sem gols.

A partida continuou muito igual na segunda etapa. O Ipanema continuava investindo nos lances longos e encontrava espaços no meio-campo, para realizar os lançamentos. O CRB tentava manter o equilíbrio, com as investidas do lateral Rafinha pelo lado esquerdo.

O técnico Paulo Roberto Ghilardi realizou a primeira mudança no time aos 14 minutos da etapa final, colocando o Galo para o ataque com a entrada de Calmon, que substituiu Rodrigo Batata. A entrada do atacante não mudou muito o perfil da equipe na partida, que continuava investindo nas jogadas individuais e esperava um vacilo do Ipanema para abrir o placar.

A bola não conseguia parar no chão, os dois times tentavam constantemente os chutes para frente, com a expectativa de uma grande jogada individual dos atacantes. E foi em um lance longo que o Ipanema abriu o placar. O atacante Joaldo recebeu um lançamento e acreditou no lance. O goleiro Fillipi saiu precipitadamente do gol, dando condições para o jogador do Canarinho do Sertão concluir com muita categoria, quase sem ângulo abrindo o placar: 1x0.

O gol do Ipanema fez a partida mudar as características. O CRB partiu na base do desespero em busca do empate, o técnico Paulo Roberto Ghilardi sabia que uma derrota poderia deixar o clube em situação delicada no campeonato e mandou o atacante Reinaldo para o jogo. A mudança deixou o CRB com quatro jogadores de ataque para tentar o empate.

Com o resultado favorável, o Ipanema passou a jogar no contra-ataque esperando o CRB em seu campo de defesa. Em cada oportunidade surgida para o adversário, os zagueiros colocavam a bola para fora, com objetivo de diminuir a pressão exercida pelo Galo valorizando a importante vitória na competição.

FICHA TÉCNICA

IPANEMA 1x0 CRB

Estádio: Arnon de Mello, Santana do Ipanema (AL)
Data/hora: 06/03/2010 - 15h (de Brasília)

Árbitro: José Elias Santos Filho
Auxiliares: Carlos Jorge Titara e Otávio Correia de Araújo

Cartões amarelos: Cícero (Ipanema) 28´/1ºT; Wellington (CRB) 46´/ 1ºT; Gleibson (Ipanema) 34´/2ºT; Chiquinho (Ipanema) 44´/2ºT

Gol: Joaldo (Ipanema) 30´/2ºT;

IPANEMA: Gleibson, Zé Carlos, Paulo Ricardo, Índio e Glauber; Rafael (Miranda 27´/2ºT), Lau, Cícero e Cal (Nanô, 36´/1ºT) (Pinga, 13´/2ºT); Chiquinho e Joaldo

Técnico: Márcio Mário Cunha (Coca)

CRB: Fillipi, Léo, Rogério Correia, Ítalo e Rafinha; Foiane (Reinaldo 31´/2ºT), Jhonnattan, Rodrigo Batata (Calmon, 13´/2ºT) e Hílton Mineiro (Fábio Jonas, 24´/2ºT); Wellington e Edmar

Técnico: Paulo Roberto Ghilardi
yta contddra exiralçao

por futebolalagoano.com

Comentários comentar agora ❯