03 Setembro 2017 - 12:02

Penedense da largada para o Campeonato Alagoano da 2ª Divisão

Cone Freire - aquiacontece.com.br
O Penedense como mandante, procurou sempre ter a iniciativa do jogo

Neste sábado (02/09), às 15:30 horas, no lendário estádio Dr. Alfredo Leahy, o Sport Club Penedense, enfrentou em amistoso, a equipe da seleção da cidade de Batalha, jogo preparativo para participação no Alagoano da segunda divisão. E tivemos um jogo movimentado, se não no placar, magro 1 a 0, para o mandante, mais em disposição, já que os dois times mostraram muita disposição. Se não foi um primor de técnica, mais não faltou voluntariedade. O Penedense como mandante, procurou sempre ter a iniciativa do jogo, pressionando o adversário no seu próprio campo, fazendo marcação alta, mais esbarrou na surpreendente disposição tática do time de Batalha, que com um condicionamento físico bom, encurtava os espaços e não deixava o Penedense ameaçar de perto o gol defendido por Severino. Vale ressaltar que o Alvirrubro do “cajueiro grande”, aos 05 minutos da etapa inicial perdeu o volante Wagner. Homem de proteção a zaga e com boa saída de bola, além, é claro de larga experiência, apesar de jovem. Isso obrigou o técnico Evanilson a promover uma alteração logo cedo, colocando o jovem Valdemir, que diga-se de passagem cumpriu muito bem seu papel. Tivemos um primeiro tempo com predominância para a marcação, com poucas oportunidades de lado a lado. Como o alvirrubro ribeirinho tomou a iniciativa do jogo teve duas oportunidades, uma num forte chute de Drey, de fora da área depois de uma bola rebatida pela defesa, em que ele pegou de primeira, num belíssimo chute e o goleiro Severino da Seleção de Batalha, ficou apenas olhando e torcendo para a bola não entrar e uma outra oportunidade com o Cícero, depois de uma tabela com o atacante Anderson.

No 2º tempo, o Sport Club Penedense, voltou pressionando mais uma vez o adversário no seu campo de defesa, com uma maior participação dos seus laterais, Elenilton e pela direita e Drey, pela esquerda, e com a chegada dos homens do meio de campo, e conseguiu seu intento. Aos 15 minutos, numa bola mal rebatida pelo goleiro Severino, que caiu nos pés do capitão Jan, que amorteceu e mandou uma bola bem colocada no canto direito do gol da Seleção de Batalha, abrindo o placar, a essa altura, merecido para os donos da casa, que desde o início procurou o gol. O jogo seguiu com o roteiro inicial, o Penedense procurando o gol, sempre tomando a iniciativa do jogo e a seleção de batalha se defendendo e com o contra ataque armado, naquilo que é chamado hoje de : “ jogando por uma bola”. Estratégia que não deu certo, face a postura sempre precavida da defensiva Penedense. O jogo terminou sem alteração no placar, salientando, que na etapa final, o técnico Evanilson, fez algumas alterações, colocou o Thiago, no lugar do irmão Luquinha,no gol, João Paulo, no lugar de Drey, Danilinho no lugar de Cícero. A partida teve uma arbitragem diferente, ao invés de um trio, tivemos apenas dois árbitros, o nosso conhecido Doca e o Robson, que tiveram uma participação discreta, não influenciando no placar, conduzindo a partida com pulso firme e advertindo os jogadores quando necessário.

FICHA TÉCNICA:
SPORT CLUB PENEDENSE
LUQUINHA/THIAGO, ELENILTON,CASINHA, WESLEY, CASINHA, DREY/JOÃO PAULO; WAGNER/VALDEMIR, CÍCERO/DANILINHO, GEOVANIO, JAN; ANDERSON, e Wesley Félix.

Tecnico: Evanilson Nunes
SELEÇÃO SE BATALHA
SEVERINO, DUDINHA, LUIZ CARLOS, PIMBINHA, JARDIEL, SUEL, GUILÉ,RAFA, VINICIUS, TON, MATEUSINHO.
Tec. Tales
ÁRBITROS: DOCA e ROBSON
Público e renda não divulgados.


 

por Jorge Pacheco

Comentários comentar agora ❯