03 Janeiro 2010 - 13:41

Mesmo sem culpa, piloto deixa Rali Dakar após acidente

O piloto alemão Mirco Schultis anunciou neste domingo que não continuará na disputa do Rally Dakar. No sábado, durante a primeira etapa da competição, ele perdeu o controle de seu carro e atingiu um grupo de espectadores, causando a morte da argentina Natalia Sonia Gallardo.

Schultis guiava uma Desert Warrior 418, e terminou a etapa em 123º lugar. Ele mostrou-se desolado com o ocorrido ainda no local, enquanto as equipes de socorro tentavam resgatar as vítimas - entre elas o fotógrafo brasileiro Tom Papp, que sofreu uma fratura na perna, e se recupera bem.

Depois de chegar ao acampamento do rali e ser comunicado sobre a morte da torcedora, de 28 anos, Schultis decidiu que não iria continuar na prova.

A morte de Natalia Sonia Gallardo foi a 57ª registrada na prova desde seu início, em 1979. Segundo a organização do evento, 20 pilotos já perderam a vida durante as disputas.

por Agência Estado

Comentários comentar agora ❯