30 Dezembro 2018 - 10:50

Cultura lança edital para restauro e digitalização de conteúdos audiovisuais

Reprodução Agência Brasil
Estão aptos a participar empresas do setor audiovisual

Com objetivo de investir em projetos de recuperação de obras audiovisuais e migração de suporte de origem da obra para formato digital, o Ministério da Cultura lançou edital de Restauro e Digitalização de Conteúdos Audiovisuais. Serão investidos R$ 23,375 milhões em recuperação de obras.

As inscrições estão abertas e podem ser realizadas até 26 de fevereiro. Serão investidos até R$ 1,250 milhão por projeto de restauração, totalizando R$ 10 milhões. Já os projetos de digitalização terão investimento total de R$ 13,375 milhões, sendo que cada um poderá receber até R$ 750 mil.

Quem pode participar
Empresas do setor audiovisual com fins lucrativos, desde que estejam classificadas como agentes econômicos brasileiros independentes pela Agência Nacional do Cinema (Ancine), estão aptas a participar. No entanto, devem estar com registro regular, devendo comprovar a titularidade sobre as obras elencadas em seu projeto ou as devidas autorizações dos direitos morais e patrimoniais para os processamentos e finalidades propostos. Maiores informações podem ser esclarecidas pelo e-mail [email protected] 

por Governo do Brasil, com informações da Ancine

Comentários comentar agora ❯