13 Fevereiro 2019 - 20:47

Ancine participa do Festival Internacional de Cinema de Berlim

O diretor-presidente da ANCINE, Christian de Castro, acompanhado do novo assessor internacional da Agência, Adam Muniz, viajou em missão internacional à capital alemã para participar da 69º edição do Festival Internacional de Berlim, que vai até 17 de fevereiro.


Na última sexta-feira, 8 de fevereiro, o diretor-presidente da ANCINE, Christian de Castro, se reuniu com o embaixador do Brasil na Alemanha, Roberto Jaguaribe, e diplomatas do posto do setor cultural e de promoção comercial da embaixada. Durante o encontro eles trocaram impressões sobre a importância do Festival de Berlim no contexto do cinema mundial, destacando a forte presença brasileira nesta edição, que traz 12 filmes nacionais em diferentes mostras. O embaixador Roberto Jaguaribe fez um breve histórico do festival e relembrou sua origem. “O festival nasceu de um desejo por um espaço de liberdade de expressão em uma Berlim dividida. Isso explica a diversidade cinematográfica que caracteriza o festival até hoje”, explicou o ele. As autoridades também conversaram sobre o setor audiovisual no Brasil e suas perspectivas de crescimento.


Em seguida, Christian de Castro se encontrou com produtores brasileiros no estande do Cinema do Brasil, onde pôde atualizar os presentes sobre a situação da Agência no atual cenário político. “A nossa interlocução com o Governo tem sido a melhor possível. Apresentamos ao Ministro da Cidadania, Osmar Terra, e ao Secretário Especial de Cultura, José Henrique Pires, a estrutura da ANCINE e sua importância dentro do mercado e da cadeia do audiovisual brasileiro. Estamos trabalhando de uma maneira muito próxima e estruturada ao Governo. Por isso, garanto a vocês que a ANCINE continua forte, nosso planejamento continua o mesmo, e seguimos com o objetivo de construir um audiovisual brasileiro cada vez mais estruturado. A nossa estratégia começou no ano passado e continua esse ano”, afirmou Christian de Castro.

Na ocasião, ao apresentar o novo assessor internacional, Adam Muniz, Christian de Castro sublinhou também que a internacionalização do cinema brasileiro é uma das prioridades de sua gestão.

No fim de semana, o diretor-presidente cumpriu uma extensa agenda de reuniões com diversas autoridades internacionais. Com o objetivo de aprofundar as parcerias e acordos de coprodução, Christian de Castro se reuniu com o presidente do ICA - Instituto do Cinema e do Audiovisual de Portugal, Luís Chaby Vaz; com o presidente do Fundo de Cinema de Israel, Katriel Schory; com a delegação do INCAA - Instituto Nacional de Cinema e Artes Audiovisuais da Argentina; com representantes da delegação do Canadá e com representantes do Eurimages, Fundo do Conselho da Europa que tem por objeto prestar assistência a coprodução, distribuição e exploração de obras cinematográficas. "Tratamos das possibilidades de entrada do Brasil no Fundo e as vantagens dessa parceria", explicou Christian.

Nesta segunda-feira, 11 de fevereiro, Christian de Castro encerrou sua missão no exterior com uma reunião do Conselho Consultivo da Conferência de Autoridades Audiovisuais e Cinematográficas de Iberoamérica (CAACI), do qual a ANCINE é membro. A CAACI, um organismo multilateral, tem por objetivo o desenvolvimento da cinematografia dentro do espaço audiovisual dos países ibero-americanos e a integração por meio de uma participação equitativa desses países na atividade cinematográfica regional. A CAACI é formada por 20 países membros (sendo 19 países da América Latina e Ibéria e a Itália).  

por Assessoria

Comentários comentar agora ❯