26 Agosto 2009 - 11:54

Senador Ted Kennedy perde a batalha para o câncer

Divulgação

Em comunicado oficial, a família informa que  o senador Edwar Kennedy (Ted KennedY), patriarca da primeira família da política democráta, morreu quarta-feira em sua residência em Hyannis Port, Massachusetts, após uma longa batalha contra um câncer de cérebro. Ele tinha 77 anos. 

"Nós perdemos o  centro de nossa familia e a luz que alegrava nossas vidas, mas a inspiração da sua fé, otimismo e perseverança, vai viver em nossos corações para sempre," afirmou o comunicado familiar. "Nós agradecemos a todos que deram a ele cuidados e apoio durante esse último ano, e a todos que e a todos os que estão com ele há muitos anos em sua marcha incansável para o progresso na direção da justiça."

Em cerca de 50 anos no Senado, Ted serviu 10 presidentes, incluindo seu irmão John Fitzgerald Kennedy, assassinado em 1963, e do senador Robert Kennedy, morto por um tiro enquanto disputava a nomeação para a presidência na eleição de 1968. Em sua carreira política de quase meio século, Ted Kennedy foi uma voz dominante nas discussões sobre saúde pública, direitos civis, guerra e paz, entre outros assuntos. 

 

por Redação com Agências

Comentários comentar agora ❯