12 Junho 2010 - 14:41

Presidente dos Correios defende estatal de acusações

O presidente dos Correios, Carlos Henrique Almeida Custódio, rebateu hoje (11) as críticas que a empresa vem sofrendo. Segundo ele, as acusações são motivadas pelos resultados positivos da empresa. “O sucesso incomoda. Você já viu o fracasso incomodar?”.

Segundo Custódio, o faturamento da empresa cresceu 9,8% nos primeiros meses deste ano em comparação ao ano passado. Ele iria participar ontem (11) de uma reunião com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva e o ministro das Comunicações, José Artur Filardi, que foi desmarcada na última hora.

Custódio admitiu, no entanto, que entre janeiro e março deste ano, houve atrasos nas entregas ocasionados, segundo ele, por problemas com as companhias aéreas que prestam serviços para os Correios.

O ministro Filardi disse que não há insatisfação do governo com a direção dos Correios. “Claro que temos muitas dificuldades, mas os resultados são positivos. Nós temos que ter uma reação, não podemos deixar todo mundo atacando sem fazer nada”.

 

por Agência Brasil

Comentários comentar agora ❯