04 Outubro 2009 - 13:15

Gráfica diz que investigado por vazamento do Enem nunca fez parte de seu quadro

A Plural Editora e Gráfica Ltda, responsável pela impressão da prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), afirmou, em nota, que recebeu pedido de informações da Polícia Federal sobre um dos investigados no caso do vazamento da prova. “Após levantamentos, a Plural informou à polícia que tal pessoa não é e nunca fez parte de nosso quadro de funcionários e colaboradores”, diz a nota.

A gráfica disse não ter responsabilidade sobre equipes contratadas diretamente pelo Consórcio Nacional de Avaliação e Seleção (Connasel) para a fiscalização e segurança do processo de impressão do exame. A empresa também se isentou de responsabilidade em relação à distribuição do material.

A Plural garantiu ter cumprido “rigorosamente” todas as medidas de segurança previstas em contrato e disse ainda ter tomado precauções adicionais.

A empresa ressaltou que “se colocou imediatamente à disposição das autoridades e tem colaborado com as investigações”.

por Agência Brasil

Comentários comentar agora ❯