30 Junho 2011 - 10:24

Paciente elogia atendimento pelo SUS na Santa Casa de Maceió

Assessoria
Unidade Brandão Vilela, antigo Pavilhão 2

Manchetes criticando o Sistema Único de Saúde (SUS) são comuns no jornalismo brasileiro. Manchetes elogiando, entretanto, são raras. O paciente Antonio de Castro Lopes, por exemplo, não só viu o lado positivo enquanto usuário do SUS como fez questão de relatar publicamente sua experiência vivida na Unidade Brandão Vilela (antigo Pavilhão 2), onde permaneceu internado por alguns dias em tratamento contra um câncer.

Ao vivo, no programa do jornalista Waldemir Rodrigues, da Radio Gazetaweb, Antonio de Castro falou sobre os dias que passou na Santa Casa de Maceió.

Ciente da situação porque passa a saúde pública no país, mais criticamente em Alagoas, Antonio de Castro afirmou ter conhecido outra realidade durante sua internação como paciente do SUS.

“Nunca imaginei que ficaria em uma cama nova, com todo tratamento especializado e profissionais supercapacitados, tomando leite com Neston nas refeições”, elogia.

Antonio de Castro leu no programa do jornalista Waldemir Rodrigues a mensagem a seguir.

"Aconteceu em 17 de junho de 2010, quando eu senti a necessidade de sair do meu lar para me hospedar em uma outra casa, uma casa diferente, uma casa santa, uma Santa Casa.

Estou aqui para agradecer os 28 dias em que estive hospedado em sua enfermaria no Pavilhão II, leito 06, em busca da sobrevivência para lutar contra um inimigo chamado “câncer”.

Luta esta que sai vitorioso graças a Deus, a minha família, aos amigos e a esta Santa Casa de Maceió pela maneira que fui recebido e tratado.

Obrigado Santa Casa por ter me aceitado como hóspede, por ter colocado a minha disposição profissionais altamente qualificados como o “grande mestre” Dr. Renato Rezende e toda a sua excelência e toda a sua excelente equipe.

Obrigado por ter em seu quadro exemplos de confiabilidade como a Dra. Mônica, Dr. Josué e Dra. Alice.

Obrigado por ter em sua UTI pessoas como a enfermeira Kássia, que parece mais um anjo do que um ser humano. Jamais irei esquecer tanto carinho e tanta dedicação.

Obrigado por ter em suas enfermarias profissionais que nos tratam como gostariam de ser tratados, enfermeiras como a Enfª Sílvia, que comanda suas técnicas maravilhosamente bem e estão sempre perto dos nossos leitos.

Obrigado por ter um provedor, como o Dr. Humberto, que deixa seus afazeres e o conforto do seu lar para, em um dia de sábado, ao lado de sua esposa, estar perto de nós, orando e nos dando força para superar nossas enfermidades.

Obrigado por contar com pessoas comprometidas e motivadas como a Dra. Larissa Acioli, que foi meu anjo da guarda, durante o período em que estive internado.

Obrigado por ter em seu corredor a imagem de Nossa Senhora, onde eu orava, me sentia mais forte e nunca estava sozinho. Não esquecendo das ótimas refeições, orientadas por estas competentes nutricionistas e seus lanches devidamente adequados, servidos por estas amáveis senhoras da copa.

Obrigado pela simpatia de seus fisioterapeutas, pessoas maravilhosas que nos fazem mais fortes e dispostos.

Obrigado por ter no Setor de Quimioterapia colaboradores pontuais, atenciosos, dispostos, transparentes e sinceros como o Dr. Divaldo.

Obrigado pelo tratamento da Radioterapia, onde tive a oportunidade de conhecer pessoas como o Dr. Caio, a simpática e alegre Enfª. Karliene, a incansável Thais, a seriedade e dedicação da Raquel e a competência e precisão do Luciano.

Lembrando ainda dos lanches oferecidos por estas simpáticas senhoras da Rede Feminina de Combate ao Câncer, voluntárias que fortalecem nossas almas.

Obrigado aos seus maqueiros, seguranças, pessoal da limpeza e todos aqueles que fazem este conceituado hospital.

Obrigado por me fazerem sentir feliz e adquirir o dom de transformar um quase nada em quase tudo.

Obrigado pela certeza de estar vivendo cada dia melhor e poder repetir todos os dias, obrigado, muito obrigado Santa Casa de Misericórdia de Maceió."

 

por Ascom/Santa Casa de Misericórdia de Maceió

Comentários comentar agora ❯

  • lucialima com certeza a sta casa é maior referencial noestado graças a esse profissional dr. renato resende e sua equipe juntos a familia lira. agradeço todos os á deus por eles. em 1997 tive um diagnóstico dessa terrivél doença e graças á deus e eles estou aqui curada obrigado mais uma vez dr,renato e familia lira bjos ,abraços.